EXPLOSÃO E MORTES – Empresário morre em Goiânia 20 dias depois de explosão

TRAGÉDIA – Uma grave explosão, duas vítimas fatais. Valdinei Louzada, de 34 anos, morreu dois dias depois. Agora morreu o empresário Jean Gabriel Lemos Ayres, de 42 anos. A tragédia aconteceu no dia 20 de dezembro do ano passado.

Um trator que transportava tanques de explosivos explodiu na região de Manso (Baixada Cuiabana, a 55 quilômetros de Cuiabá). Valdinei teve mais de 80% do corpo carbonizado e morreu dia 22 de dezembro na Unidade de Queimados do  Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC).

Agora, 20 dias depois, morreu Jean Gabriel, que teve o corpo 70% queimado. Passou alguns dias no Hospital Santa Rosa, em Cuiabá. Foi transferido para um hospital de Goiânia, em Goiás, mas não resistiu aos graves ferimentos e acabou morrendo.

Jean Gabriel deixou esposa e dois filhos. Valdinei Louzada também deixou esposa e um filho de apenas três anos de idade. Segundo informações de um amigo da família, o corpo de Jean Gabriel está sendo translado para ser velado em Cuiabá. Onde será sepultado.

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA