Acordos na Justiça gaúcha alcançam R$ 45 milhões durante 2017

Os Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSCs) do RS realizaram cerca de 30 mil atendimentos em todas as regiões do estado em 2017. Em valores, o número de acordos obtidos superou os R$ 45 milhões.

Nos Centros, o cidadão pode buscar a solução de um conflito por meio do diálogo, conforme explica o coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJRS, Desembargador Heleno Tregnago Saraiva:
“Como às vezes têm muito litígio entre os envolvidos, ressentimento, problema, as pessoas têm a ideia de que deixar ao Judiciário, sob controle do Advogado, que vai ser resolvido por uma decisão judicial. Num primeiro momento descartam a possibilidade de acerto, por não crer que possa ocorrer. Só que quando se chama as pessoas, põe para sentar, desarma os ânimos, aí terminam vendo que apesar de judicializada a questão, há possibilidade de acerto.” O magistrado salienta que todas as partes saem ganhando ao optar pelos métodos autocompositivos.

O Rio Grande do Sul conta atualmente com 35 unidades de Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania. Foram instalados recentemente Serviços de Conciliação e Mediação nas Comarcas de Quaraí e Planalto, no noroeste do Estado.
A lista com as comarcas que já têm centros de conciliação está disponível no site do TJ gaúcho: http://www.tjrs.jus.br/site/processos/conciliacao/nucleo.html

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA