Amor de Mãe

Alguns atores não voltarão à Amor de Mãe; saiba o que muda

Publicados

em


.
Tales e Lídia. Foto – montagem.

Não é novidade que a primeira novela a voltar a ser gravada na Globo será Amor de Mãe. Contudo, a segunda temporada da novela será beeem diferente da primeira. Até porque a continuação pós-pandemia da história será mais curta e deve ter apenas 23 capítulos.

Segundo o Uol, muitos personagens se comunicarão por lives, para evitar o contato pessoal e o contágio do coronavírus, o que é importantíssimo, uma vez que alguns atores são do grupo de risco, como Regina Casé, que dá vida a Lurdes.

Outra novidade é que quem mora fora do Rio não deve nem pisar na Globo. Deve gravar tudo de casa mesmo, através de videochamadas, a fim de evitar deslocamentos. Já as crianças do folhetim nem isso, pois normalmente andam acompanhadas de parentes e de gente da equipe, a fim de passar o texto.

Veja também – Fina Estampa: Esther se revolta e confronta Beatriz por perseguição

O Uol ainda cita que alguns personagens não devem retornar ao drama das 21 horas, a exemplo de Tales (Alejandro Claveux). O seu malandro foi desmascarado no fim da primeira temporada, com ajuda de Vitória, e já deu o que tinha que dar.

As gravações do folhetim retornam em 10 de agosto, de forma lenta e gradual, mas ele só volta ao ar no ano que vem, após a reprise de A Força do Querer.

NOVIDADES EM AMOR DE MÃE:

Uma das personagens mais emblemáticas de Amor de Mãe é Vitória, interpretada por Taís Araújo. Pouco se sabe sobre sua família e seu passado. Por enquanto. Isso por que, no retorno da trama, tudo mudará.

A advogada é irmã de Miranda (Débora Lamm) e Natália (Clarissa Kiste), e todas têm a mesma mãe, que será interpretada por Eliane Giardini, que sequer pisará no canal carioca para gravar as suas cenas.

“Isso tudo é muito histórico. Imagina você fazer uma novela remotamente”, comentou Giardini com a jornalista Maria Clara Senra. Ela não perdeu tempo e já foi logo dando alguns spoilers de como é a mãe das três mulheres fortes.

“É uma mulher muito louca, hippie, que teve uma filha de cada casamento. Ela sempre viajou muito e foi deixando os filhos. É amorosa, mas muito na dela. Está fora do Brasil e fala com as meninas [por videochamada]”.

publicidade

publicidade

POLICIA

POLÍTICA MT

publicidade

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA