BRASIL

Apesar da péssima repercussão, MPE-MT solta nota confirmando concessão da “bolsa pandemia”

Publicados

em

Apesar da péssima repercussão, sendo até noticiada na imprensa  nacional, o MPE-MT não recua em conceder a famigerada “Bolsa Pandemia “ de mil reais aos seus membros e servidores.

Mesmo flagrantemente inoportuna tal concessão, pois o país está no pior momento pandêmico e entrando em recessão econômica, o MP insiste na concessão e justifica sua medida com base em lei de 2012, não considerando que apesar de demonstrada  a legalidade, não conseguiria, por mais que se esforçasse,  dar um ar de moralidade a tal descalabro.

Em nota, fica implícito que a concessão da “Bolsa Pandemia” é uma tentativa de compensar os dois anos sem aumentos salariais que serão  impostos ao MP, por força de contrapartida dos estados para receberem  ajuda federal.


Nota do MPE

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso vem a público esclarecer os motivos pelos quais instituiu, por meio do Ato Administrativo 924/2020/PGJ, da Procuradoriga-Geral de Justiça, uma Ajuda de Custo para despesas com saúde aos servidores e membros da instituição.

O referido Ato Administrativo tem como lastro o artigo 32 da Lei 9.782, de 19  de julho de 2012, ou seja, a concessão de tal benefício estava legalmente autorizada desde aquela data. Tanto é assim, que outras instituições públicas já concederam a mesma ajuda de custo aos seus integrantes, como ocorre no Tribunal de Justiça, que paga a seus servidores, bem como o Ministério Público Federal a seus membros e servidores.

Os recursos necessários para o pagamento do benefício estão previstos no Orçamento do exercício de 2020 do MPMT, ou seja, não se trata de um dispêndio financeiro sem lastro orçamentário que venha a exigir o aporte de suplementações ou remanejamento orçamentário, e estava planejado antes mesmo da pandemia.

Por fim, torna-se relevante esclarecer que projeto de lei já aprovada pelo Senado Federal e que deve também receber aprovação da Câmara dos Deputados, além de instituir ajuda financeira a Estados e Municípios pra fazer frente à pandemia do Novo Coronavírus, também vai congelar até o final de 2021 os subsídios de todos os servidores públicos das esferas federal, estadual e municipal, razão pela qual a ajuda de custo teve que ser regulamentada agora.

Leia Também:  Vídeo mostra homem sendo esfaqueado e morto em salão de beleza

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA