ENTRETENIMENTO

Após chamar Covid-19 de “histeria”, Justus adia “O Aprendiz”

Publicados

em


source
Roberto Justus
Reprodução Instagram

Roberto Justus


A Band e Roberto Justus confirmaram o adiamento de “O Aprendiz” por causa da pandemia do novo coronavírus. Inicialmente, novos protocolos de segurança foram pensados, mas a direção escolheu realizar as gravações com mais segurança e o programa irá ao ar em março de 2021.

“Em função da extensão temporal da pandemia que assola o mundo, e consequentes impactos na vida de todos e para respeitar o momento e a saúde da população, dos participantes, da produção, do elenco, e dos envolvidos resolveram adiar a estreia do programa”, diz a nota.

“O formato do ‘Aprendiz’ tem muitas provas externas e, por mais que todas as normas de segurança e protocolos sejam tomados, acabam envolvendo muitas pessoas que não fazem parte diretamente da produção e consequentemente os riscos inviabilizam o bom andamento do programa”, finalizou.

Segundo o colunista Fefito, o programa já estava inteiramente vendido, com seis anunciantes fechados e todos devem acompanhar o projeto para o ano que vem. Procurado, Justus acha que o adiamento foi uma decisão acertada.

“Não dá para fazer sala de reunião de máscara, com todos sentados e próximos. Todos os participantes teriam atividades externas e não teriam contato só entre eles, porque chegamos à conclusão de que não dava para fazer tudo internamente. Seguramos até o último segundo, mas achamos por bem respeitar esse momento de pandemia”, disse o apresentador e empresário.

Vale lembrar que,  em áudio vazado no começo da pandemia,  Justus chegou a afirmar que a Covid-19 era, para a grande maioria das pessoas, apenas uma “gripezinha” e classificou a pandemia mundial como uma “histeria”.

Fonte: IG GENTE

publicidade

publicidade

POLICIA

POLÍTICA MT

publicidade

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA