conecte-se conosco

CIDADES

Após medidas contra o Covid, Prefeitura registra queda de 91% no número de usuários do transporte

Publicados

em

 

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro

O prefeito Emanuel Pinheiro durante transmissão ao vivo na noite desta terça-feira (24) disse estar muito feliz e satisfeito com o comportamento da população cuiabana sobre a utilização do transporte coletivo nesse momento de enfrentamento do novo coronavírus em Cuiabá. Conforme levantamento apresentado pela Secretaria de Mobilidade Urbana, houve uma queda de 91% no número de usuários transportados.

“É um número avassalador e demonstra que a população cuiabana está atenta, não ao prefeito, mas sim com a saúde de todos. Se cada um fizer a sua parte, juntos iremos enfrentar e sair desse momento de crise e muita angústia”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Com base na estimativa de utilização sempre as segundas-feiras, no dia 16 de março, antes da publicação do decreto municipal e da massificação do pedido para que as pessoas evitassem o uso desse serviço público, dos 220 mil usuários, o registro foi de apenas 19.441 usuários transportados na última segunda-feira (23). Uma enquete feita pelos agentes de trânsito, desse montante, 10% são profissionais de saúde.

“O ônibus lotado é um grande propagador do vírus Covid-19. Entendo que as medidas que vem sendo tomadas no enfrentamento dessa pandemia são cruéis, mas que são de fundamentais importância para garantir a saúde e a segurança da população. Quero aqui deixar esse agradecimento a todos os usuários do transporte coletivo que entenderam e aceitaram a recomendação da Prefeitura de Cuiabá de evitar o transporte coletivo”, declarou.

“Todo esse esforço é para garantir a saúde de todos. Lavar as mãos com frequência, higienização pessoal e se possível ficar em casa, principalmente os nossos idosos irá representar positivamente no momento de pico, previsto para as próximas duas semanas. Estamos preparando a Capital para esse momento de auge do novo covid-19. São 24 horas por dia, sete dias da semana, discutindo as melhores medidas de enfrentamento”, reforçou.

Na oportunidade Pinheiro pontuou os trabalhos  realizados pelo Comitê de Enfrentamento formado por representantes de cada Secretaria. Todas as normativas que estão sendo estabelecidas são embasadas no protocolo do Ministério da Saúde. “O novo coronavírus não é brincadeira, é coisa séria’, ponderou Pinheiro.

A Prefeitura de Cuiabá, pautada no cuidado com à população, vem adotando uma série de medidas drásticas para evitar que a propagação da infecção se alastre na capital, uma das medidas foi a criação de um comitê de enfrentamento ao Covid 19, suspensão das aulas na rede municipal, fechamento do comércio (à exceção de estabelecimentos citados no Decreto 7.851/2020), a proibição do corte de fornecimento de água por 60 dias, suspensão das atividades em grupo nos CRAS e CREAS, limitação do Restaurante Popular a 50 pessoas por vez, suspensão do passe livre e da tarifa social de 23/03 a 05/04, suspensão do transporte público, higienização dos ônibus no ponto final de cada linha e disponibilização de álcool em gel nos terminais e estações, fechamento de feiras e ainda a determinação para execução do home office para os servidores públicos, excetuando-se os profissionais da Saúde.

 

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

Veja todos os decretos com as medidas preventivas adotada pela Prefeitura de Cuiabá

Publicados

em


.

As medidas implantadas pela Prefeitura de Cuiabá em combate ao novo coronavírus (Covid-19) trazem como destaque ações voltadas para as áreas da educação, transporte coletivo, comercial e saneamento básico. Até o momento, foram oito decretos assinados pelo prefeito Emanuel Pinheiro, onde constam diversas ações de prevenção ao contágio da pandemia. 

Na educação, por exemplo, o decreto nº 7.846 suspende as aulas nas unidades educacionais e determina a distribuição de kits de alimentação para os alunos cadastrados no programa Bolsa Família. Assegurando o direito à aprendizagem, os estudantes do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos estão desenvolvendo as atividades na modalidade EAD. 

Para o transporte coletivo municipal, o decreto nº 7.850 mantém 1/3 da frota de ônibus circulando, de 23 de março até 5 de abril, conforme estabelecido por decisão judicial. Os veículos recebem higienização no ponto final de cada linha e esterilização diária. Além disso, o número máximo de passageiros, por viagem, foi limitado para 50% da capacidade total.  

“A Prefeitura está trabalhando de forma planejada para que o bem da saúde pública seja preservado. Colocamos em prática ações que, em conjunto, têm sido fundamentais para conter o avanço do Covid-19 em Cuiabá. Estamos enfrentando um momento difícil, mas temos a certeza que com a colaboração de todos vamos superar”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro. 

Em relação ao comércio, os decretos nº 7.849 e 7.850 instituem que apenas os estabelecimentos com atividades essenciais ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. Já os documentos de nº 7.851 e 7.853 tratam especificamente da regulamentação de supermercados, mercearias, padarias açougues e similares, como horários pré-estabelecidos e medidas preventivas a serem seguidas. 

Para a área do saneamento básico o prefeito assinou os decretos nº 7.847 e 7.854. O primeiro proibi a concessionária Águas Cuiabá de realizar o corte no fornecimento de água para consumidores inadimplentes, pelo prazo de 60 dias. Já o segundo, estabelece a suspensão, pelo prazo de 90 dias, do reajuste anual de 6,037% na tarifa de água e esgoto na Capital.

Confira todos os decretos abaixo

 

 

Continue lendo

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA