REPÚBLICA

Ataque de Aras a subprocuradora motiva reações de apoio

Publicados

em


.
Procurador-geral da República, Augusto Aras| Foto: Marcos Brandão/Agência Senado

O procurador-geral da República, Augusto Aras, disse na sexta-feira (31) à colega Luiza Frischeisen que ela “talvez não tenha família, ou talvez tenha”. A fala foi uma resposta a críticas que Aras recebeu de Frischeisen e outros procuradores por conta de movimentos contra a operação Lava Jato que ele tem desempenhado.

A declaração de Aras gerou reações de apoio a Frischeisen nas redes sociais. Procuradores como Janice Ascari, Julio Araújo e João Gustavo Seixas escreveram mensagens de solidariedade à colega. Thaméa Danelon, também procuradora, escreveu que expressava “total solidariedade aos SubProcuradores que foram desrespeitados pelo chefe da instituição na reunião do Conselho hoje”.

publicidade

publicidade

POLICIA

POLÍTICA MT

publicidade

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA