ENTRETENIMENTO

Ator que fez Cabeção em Malhação estava em cárcere privado em clínica de SP

Publicados

em


source
Sérgio Hondjakoff, ator que interpretou Cabeção em
Divulgação

Sérgio Hondjakoff, ator que interpretou Cabeção em “Malhação”, confessa que deslizes atrapalharam sua carreira

O ex-ator da TV Globo, Sérgio Hondjakoff, 36 anos, estava entre os 42 pacientes internados em um clínica alvo de operação policial em Pindamonhangaba na última quarta-feira (03). As informações são de Rauston Naves, do Vale Urgente. A ação do Ministério Público e da Polícia Civil investiga um possível cárcere privado e constrangimento praticado pelos responsáveis pelo local contra os internos. Segundo o MP, grande parte dos pacientes estavam na clínica contra a vontade própria e sem a devida autorização da justiça.

O ator que ficou conhecido por interpretar o personagem “Cabeção”, na série Malhação da TV Globo foi libertado com outras 41 pessoas que estavam em quartos trancados pela parte externa.

Sérgio Hondjakoff, iniciou a carreira com quatro anos de idade atuando em comerciais de TV, passou pela escolinha do professor Raimundo, pela TV Manchete, em 1998 atuou como filho de José Mayer na novela “Meu bem querer”, mas foi em 2020 que ganhou grande destaque por seis temporadas como “Arthur”, chamado de “Cabeção”, na série Malhação da TV Globo.

Leia Também:  Famosos lamentam morte de Orlando Drummond, o 'Seu Peru'

O local onde o ator estava internado foi fechado por tempo indeterminado. Durante vistoria irregularidades foram encontradas pela polícia e pela Vigilância Sanitária.

Os pacientes relataram ainda que a clínica impedia o contato deles com seus familiares e teria cobrado taxa para que fossem vacinados contra a COVID-19.

De acordo Ministério Público, a clínica tem um histórico de denúncias de irregularidades, tendo havido a propositura de ação penal por conta disso.

Os responsáveis pelo local foram levados para delegacia onde foram presos suspeitos de cárcere privado/sequestro e constrangimento.

Fonte: IG GENTE

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA