POLÍTICA MT

Botelho discorda de Mendes sobre adiantamento da eleição suplementar ao Senado

Publicados

em

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), expôs sua opinião e disse que discorda do governador Mauro Mendes (DEM), referente ao pedido de adiantamento da eleição suplementar ao Senado.

 No requerimento encaminhado ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Gilberto Giraldelli, o governador citou os gastos da eleição extemporânea, os riscos à Saúde Pública por conta do novo coronavírus e sugere que a eleição ocorra em conjunto com a eleição municipal, em outubro deste ano. 

 

Segundo o presidente da Casa de Leis o pedido de Mendes foi feito tardiamente, visto que o calendário eleitoral já foi definido pelo TRE, em janeiro deste ano.

 

“Já foi liberado pelo TRE o calendário. Eu sou contra, agora, cancelar a eleição. Acho que antes de tudo, poderíamos mudar. Agora, não mais”, afirmou Botelho.

 

“As convenções partidárias já estão convocadas para ocorrer na semana que vem. Não vejo como adiar a eleição agora. É querer mexer em um jogo que já está em andamento”, finalizou.

Leia Também:  Apesar de paralisar o comércio prefeito mantém cobrança de impostos

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA