POLÍTICA MT

Câmara de VG inicia processo que pode cassar o vereador Jânio Calistro

Publicados

em

O presidente da Casa de Leis, Fábio Tardin (DEM), encaminhou todas as documentações necessárias do caso para à Comissão de Ética, nesta terça-feira (18).

O parlamentar foi preso na Operação Cleanup, da Polícia Civil, no ano passado. Ele é suspeito de estar associado a um grupo criminoso responsável pelo controle do tráfico de drogas em Várzea Grande.

Segundo o presidente da Câmara,o objetivo é que a Comissão avalie a documentação encaminhada pela Delegacia Especializada de Entorpecentes. Sendo assim, a Comissão irá avaliar e estudar um eventual afastamento do parlamentar.

Havendo a comprovação dos fatos por  quebra de decoro, o parlamentar será afastado de suas atividades sem dúvidas.

“Estou encaminhando os documentos para que sejam analisados pela Comissão de Ética e, assim, seja tomada a decisão correta quanto ao caso. Se for provado que existiu quebra de decoro, o parlamentar será afastado de suas atividades sem dúvidas. No entanto, após estudo da Comissão  quem deve decidir sobre isso será o plenário”, disse o parlamentar.

De acordo com o presidente da Casa, Calistro está de licença por 30 dias automaticamente e caso ele não retorne às atividades dentro do prazo o suplente poderá requisitar o cargo. Além disso, encontra-se suspenso o salário e a verba indenizatória do vereador.

Leia Também:  França consegue Direito de Reposta em programa de Emanuel

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA