conecte-se conosco


MUNDO

China testará potencial vacina para Covid-19 em suas forças armadas

Publicados

em


.
| Foto: Bigstock

A China aprovou nesta segunda-feira (29) o uso interno por suas Forças Armadas de uma potencial vacina para Covid-19 desenvolvida pela sua Academia de Ciência Militar em conjunto com a biofarmacêutica chinesa CanSino Biologics.

Um ofício da empresa registrada em Hong Kong divulgado nesta segunda-feira diz que testes clínicos mostraram que a vacina, chamada Ad5-nCoV, tem bom perfil de segurança e “potencial de prevenir doenças causadas pelo Sars-Cov-2”, o vírus causador da Covid-19.

Segundo a CanSino, a vacina passou pelas fases 1 e 2 de testes clínicos com bons resultados; a última etapa foi concluída no dia 11 de junho. A empresa também informou que não pode garantir que a vacina seja comercializada no futuro.

Essa é uma das oito potenciais vacinas contra o novo coronavírus desenvolvidas na China que receberam aprovação para testes em humanos em território chinês ou em outros países.

A Comissão Militar Central da China aprovou, em 25 de junho, o uso da candidata à vacina por um ano, segundo a CanSino. “A Ad5-nCoV está atualmente limitada apenas ao uso militar e seu uso não pode ser expandido para uma vacinação mais ampla sem a aprovação do Departamento de Apoio Logístico”, disse a empresa, em referência ao departamento da Comissão Militar Central que aprovou o uso do agente imunizante. Em comunicado à Reuters, a empresa não quis esclarecer se a inoculação da potencial vacina será obrigatória ou opcional para os militares.

+ na Gazeta

Receba nossas notícias

Receba nossas notíciasno celular

As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Siga o Feed RSS

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA