MANCHETE 2

Cinco de MT votam por manter preso deputado que criticou ministros do STF

Publicados

em

 

Cinco deputados de Mato Grosso votaram por manter a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso na última terça-feira por críticas a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Os deputados federais do Estado que defenderam a manutenção da prisão do parlamentar bolsonarista foram: Carlos Bezerra (MDB), Juarez Costa (MDB), Neri Geller (PP), Rosa Neide Sandes (PT) e Dr Leonardo Albuquerque (SD).

Já os deputados José Medeiros (Podemos), Nelson Barbudo (PSL) e Emanuel Pinheiro Neto (PTB) votaram pela soltura do deputado.

Ao todo, 364 parlamentares decidiram por manter a prisão de Silveira, que seguirá preso num batalhão da Polícia Militar no Rio de Janeiro. Outros 140 parlamentares votaram pela soltura do deputado federal.

A prisão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, foi confirmada por unanimidade pelo plenário do tribunal e mantida após audiência de custódia.

A Constituição prevê, no entanto, que a prisão  de parlamentar deve ser submetida ao plenário da Câmara para que decida se a mantém ou não. Neste caso, o plenário da Câmara decidiu por manter o parlamentar preso.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA