REPÚBLICA

CNMP adia mais uma vez julgamento de pedido de providências de Lula contra Deltan

Publicados

em


.
O coordenador da Lava Jato de Curitiba, Deltan Dallagnol, ao lado do procurador Diogo Castor de Mattos, em coletiva da força-tarefa: operação sofre cerco de todos os lados.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo/Arquivo

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) adiou novamente, nesta terça-feira (18), o julgamento de um processo instaurado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato.

Na sessão desta terça, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, solicitou aos conselheiros que o pedido de providências tivesse prioridade na pauta e fosse julgado, alegando risco de prescrição do processo. Mas, não houve tempo para análise da ação. Com o novo adiamento, a força-tarefa teve quatro vitórias em dois dias. Três decisões do STF, uma do ministro Luiz Fux e duas do ministro Celso de Mello, já haviam favorecido a Lava Jato ao longo desta segunda-feira.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA