POLÍTICA MT

Deputada afirma que prefeito é irrelevante ao MDB; “não fará falta”

Publicados

em

 

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), cometeu um erro em não comparecer ao encontro do partido realizado na última segunda-feira (19), em Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá). Ela também declarou que o correligionário nunca foi a um evento da sigla e que desconhece o próprio partido.

Pinheiro alegou que não compareceu no encontro porque, segundo ele, o evento servia de palanque armado para o governador Mauro Mendes (DEM), seu maior adversário político no momento. Argumento que não convenceu a parlamentar que vem disparado uma série de críticas contra Emanuel nos últimos meses.

Na avaliação da deputada, se Emanuel deixar o MDB nem fará falta à legenda. “Emanuel cometeu um erro em não comparecer. Até porque, você discute a divergência partidária dentro do partido. Essa reunião não foi de forma alguma para o governador, ele ficou lá no máximo duas horas”, disse Janaina durante entrevista ao programa A Notícia de Frente, da TV Vila Real.

Leia Também:  Cuiabá aguarda envio de 670 mil doses e antecipará entrega do Dutrinha

Conforme a parlamentar, o distanciamento do prefeito em relação às demais lideranças emedebistas tem sido perceibdo há um bom tempo. “Se não me engano teve um evento que ele compareceu que foi quando o Baleia Rossi esteve aqui. Isso é o que mais me incomoda porque insiste em dizer que será candidato a governador pelo partido, e sequer conhece o seu partido direito”, disparou.

A deputada ainda reforçou que Emanuel não tem apoio do MDB para ser candidato ao Governo do Estado, visto que ele é distante do grupo. “Eu não gosto desse uso do partido. Ele não tem autonomia e nem condições de dizer que tem apoio do partido porque desconhece o partido, não participa dos atos e é distante do MDB. O partido sequer coloca em qualquer hipótese a possiblidade dele ser candidato. Eu não sei se ele fica no partido porque participa muito pouco da vida partidária dentro do MDB e o Bezerra exige muito isso de todos os filiados. Então, não vejo hoje no partido o que vai alterar se o Emanuel sair do MDB”, colocou Janaina.

Leia Também:  Após se recuperar da Covid-19, deputado de MT é vacinado

A REUNIÃO

A reunião do MDB contou com a presença de prefeitos, vice-prefeitos, primeiras-damas, deputados estaduais e federais filiados ao partido. Além de lideranças de outras legendas, como o governador Mauro Mendes, o chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, filiados ao Democratas.  Além do senador Wellington Fagundes (PL) e do deputado federal Neri Geller (Progressistas).

Durante o encontro, o deputado federal Carlos Bezerra (MDB), presidente do diretório estadual do partido, aproveitou para reforçar a aliança política e eleitoral da sigla com o governador Mauro Mendes (DEM) até o fim do mandato.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA