POLÍTICA MT

Deputado tenta trazer doses extras devido à variante colombiana

Publicados

em

 

O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB), o Emanuelzinho, requereu doses extras contra a covid-19 para Cuiabá em virtude da detecção de contágios pela variante colombiana do vírus em Mato Grosso durante realização da Copa América.

O parlamentar afirmou na tarde desta terça-feira (20) que a prefeitura de Cuiabá protocolou um relatório epidemiológico do município junto ao Ministério da Saúde demonstrando interesse nas vacinas extras. Ao falar sobre a demanda junto ao Ministério, o deputado lembrou uma situação similar que ocorreu no Maranhão, na qual o estado foi contemplado com as doses extras após 4 meses de solicitação. “O prefeito Emanuel Pinheiro avisou imediatamente sobre a possibilidade de um contágio durante a Copa América e foi por isso que buscamos as vacinas extras. Vamos esperar que o Ministério da Saúde tenha essa visão mais clara de que Cuiabá e Várzea Grande precisam dessa vacina”, disse.

Esta solicitação por doses extras é a segunda deste tipo, sendo que a primeira foi demandada pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), em virtude de a Capital ter sido selecionada para sediar jogos da Copa América. À época, Emanuel foi a Brasília se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Saúde Marcelo Queiroga. Em vídeo, o ministro concordou com o envio de doses extras, mas posteriormente voltou atrás quanto à promessa.

Leia Também:  Servidores protestam contra Reforma da Previdência em MT

Emanuelzinho relembrou o episódio e disse que Queiroga “esbarrou” no Programa Nacional de Imunização (PNI) e, por conta disso, não foram enviadas as doses extras a Mato Grosso. “Nós tentamos e lutamos para que viessem para Cuiabá. O ministro havia garantido e, infelizmente, esbarrou no PNI, não foi possível ele cumprir e está trazendo a princípio para as zonas de fronteira. Isso já é um ganho extraordinário para Mato Grosso”, pontuou o deputado.

Conforme noticiado pela reportagem, na última semana o Ministério da Saúde confirmou o envio de doses extras para imunizar 100% da população em 28 cidades de fronteira. De acordo com a classificação do Ministério da Saúde, os municípios que vão receber as doses adicionais de vacina contra a covid-19 em Mato Grosso são: Araputanga, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, Cáceres, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista d’Oeste, Curvelândia, Figueirópolis d’Oeste, Glória d’Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari d’Oeste, Mirassol d’Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Nova Lacerda, Poconé, Pontes e Lacerda, Porto Espiridião, Porto Estrela, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Tangará da Serra, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade. Folha Max.

Leia Também:  Mauro lembra vaias; cita recuperação do Estado e anuncia RGA em maio

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA