POLÍTICA MT

Desembargador assume como juiz do TRE

Publicados

em

 

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) empossou o desembargador Marcos Henrique Machado como juiz-membro substituto, categoria desembargador. A sessão solene de posse foi realizada em ambiente virtual nesta terça-feira (04.05). Ele ocupa a vaga deixada em razão do término do biênio do desembargador Rui Ramos Ribeiro.

“Conheci o desembargador Marcos por volta de 2001, quando ainda era membro do Ministério Público e tinha possibilidade de exercer cargos no Executivo. O desembargador Marcos, lembro muito bem, sempre era chamado onde tinha problema para resolver. Era na Secretaria de Administração? Lá ia ele. Meio Ambiente? Lá ia ele. Segurança Pública? Lá ia ele… então ele foi adquirindo uma experiência muito grande nessa área, conhecendo as artimanhas, os caminhos do setor público, tudo para depois poder combater a corrupção. Tenho o Marcos como um estudioso, um magistrado muito capacitado, que faz doutorado, mestrado, especialização e que se dedica a causas relevantes, como por exemplo, combate às drogas, onde faz um trabalho com a juventude tentando acabar com isso que é uma desgraça na vida de tantas e tantas famílias desse Brasil. Tenho certeza que sua vinda vai somar e muito para este Tribunal. Agradeço ao TJMT por essa escollha”, destacou o presidente do TRE-MT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha.

Em sua fala, o empossado agradeceu as boas vindas recebidas de todos os membros do Pleno. “Esperem de mim lealdade, transparência e colegialidade, não haverá surpresa ou imprevisão. Sou um cristão que tem como princípio deixar muito claro as relações, e aqui não falo de amizade, porque as pessoas às vezes confundem. Eu tive uma passagem na política, no Poder Executivo, então eu conheço bem a política… da minha parte o que será expresso é maturidade. Eu não tenho dificuldade nenhuma de lidar com a atividade política, e nem com os políticos. Eu sei dividir quem são os que merecem o trato leal, o trato justo, o trato da cordialidade, daqueles que não merecem. Essa será a minha marcha. Podem contar com minha atuação e minha lealdade”, reforçou o desembargador Marcos Machado.

Primeiro a dar as boas-vindas ao novo membro da Corte, o procurador Regional Eleitoral, Erich Raphael Masson, parabenizou o agora colega de Pleno. “É um prazer tê-lo na Corte. Já fui servidor do Ministério Público Estadual, época em que fiz alguns trabalhos para o senhor, ainda atuava no setor de informática, em perícia de informática, sendo que depois que vim a fazer Direito, muito por conta da atuação de diversos membros do MPE. É um imenso prazer hoje ter a sua presença como um dos pares aqui do Tribunal Regional Eleitoral. Espero que o senhor realize um grande trabalho, que possa de fato demonstrar sua imensa sabedoria”.

O juiz-membro, Bruno D’Oliveira Marques, também prestou suas homenagens. “O desembargador já foi meu professor há algumas décadas, têm uma folha de serviços prestados ao Estado de Mato Grosso reconhecida por sua competência. Foi um promotor de justiça que atuou na seara eleitoral, tanto no Interior como na capital do Estado, é um desembargador destacado por ser um homem extremamente estudioso, atento aos anseios da sociedade, e um defensor intransigente da coisa pública. Se tem algo que deixa o desembargador muito contrariado é verificar, aferir algum desvio ético no âmbito do trato da coisa pública. Tenho absoluta certeza que o senhor vem somar com o TRE-MT”.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA