MANCHETE 2

Desembargador solicita pedido de aposentadoria

Publicados

em

O desembargador Alberto Ferreira de Souza protocolou nesta segunda-feira (17), um pedido para se aposentar do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT), a partir do dia três de março.

Em razão disso, será aberta mais uma vaga para que juízes possam concorrer ao cargo. A escolha será por critério de merecimento, no qual poderá participar magistrados que ocupam a primeira quinta parte dos mais antigos lotados na Entrância Especial.

O magistrado ingressou na corte em outubro de 2009.  Ao longo dos seus 66 anos, construiu uma historia no Judiciário, 33 anos de magistratura.

Com a solicitação do togado, uma vaga pelo critério de antiguidade será aberta na Corte. Além desta, o Judiciário ampliará dos atuais 30 para 39 o número de desembargadores. 

Na vaga por antiguidade os mais cotados são o magistrados Flávia Catarina, Maria Aparecida, Jorge Tadeu e Sebastião Arruda. Eles deverão ser indicados automaticamente.

Durante a sessão do Órgão Especial do TJ, composto por 13 desembargadores, na última quinta-feira (13), deveria ser realizada a votação da criação das nove novas vagas. Mas o desembargador Márcio Vidal argumentou que o assunto deveria ser tratado pelo Pleno, que reúne os 30 magistrados. Está prevista a deliberação do voto para o próximo dia 27.

Leia Também:  PGR pede anulação de delação e alerta que Silval pode voltar à prisão em MT

Caso o Tribunal aprove a criação das vagas, um anteprojeto será encaminhado para votação na Assembleia Legislativa. Caso aprovado, segue para homologação no Conselho Nacional de Justiça.

 

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA