Geral

Ditador Kim Jong-un está ‘vivo e bem’, diz porta-voz da Coreia do Sul

Publicados

em

Um porta-voz do presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, disse hoje para a Fox News que a posição oficial de seu governo é que o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, está “vivo e bem” em meio a especulações de que ele estaria morto ou com morte cerebral. “Nossa posição no governo é firme”, disse Chung-in Moon, consultor de política externa do presidente sul-coreano.”Kim Jong Un está vivo e bem. Ele está na área de Wonsan desde 13 de abril. Até agora, nenhum movimento suspeito foi detectado.”.

A Business Insider informou hoje também que agências de inteligência dos EUA e da Coreia do Sul não acreditam que o ditador norte-coreano esteja morto, apesar dos rumores que circulam há mais de uma semana. As suspeitas sobre uma possível piora da saúde do líder começaram na semana passada, quando Kim faltou a um dos mais importantes feriados nacionais da Coreia do Norte, e ganharam força após a publicação da rede de televisão norte-americana CNN na última segunda (20) de que ele estaria em “estado grave”.

Leia Também:  Bolsonaro diz que tem apoio das Forças Armadas e que “chegou no limite”

Um trem, que provavelmente pertence ao líder norte-coreano, foi localizado em fotos tiradas por um satélite em um balneário no leste da Coreia do Norte, segundo o site americano 38 North, especializado em assuntos coreanos. O trem aparece nas fotos nos dias 21 e 23 de abril em uma estação reservada para a família Kim, segundo o site em um artigo divulgado ontem à noite. O 38North explica que a presença desse trem “não prova nada em relação ao local onde o líder norte-coreano está, nem indica nada sobre seu estado de saúde”. Nesta semana, uma correspondente da rede de televisão norte-americana “NBC”, Katy Tur, já tinha chegado a publicar em seu Twitter que o ditador havia sofrido morte cerebral.

Recentemente, a mídia internacional informou que a China enviou uma equipe médica a seus vizinhos comunistas para verificar o estado de saúde de Kim. Até então, a notícia tinha repercutido mais no Ocidente. Com regime fechado, a Coreia do Norte não costuma divulgar boletins com informações sobre o estado de saúde de Kim nem reportou qualquer mudança em seu regime.

Leia Também:  Casal de empresários enxerga oportunidade na quarentena e investe no nicho de bebidas artesanais em Mato Grosso

Fonte: UOL

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA