ARTIGOS

Dor nas mãos, pode ser um problema!?

Publicados

em

Dor nas mãos, principalmente crônica é causa muito frequente de consultas médicas, nas unidades de Pronto Atendimento e nos consultórios de Especialistas em Cirurgia da Mão ou Ortopedistas.

Nos casos que não envolvem trauma ou acidentes, na maioria dos casos, estão associados a sintomas como parestesia (formigamento), dor do tipo queimação e podem estar presentes, sensação de diminuição de força de preensão, para pegar objetos leves, como talheres, copos ou pequenas xícaras.

As pessoas, protelam para procurar um profissional especializado para investigar devido ao quadro começar de forma insidiosa e progressiva, podendo em alguns casos levar a limitações importantes, que se não tratadas e investigadas adequadamente, podem levar a perda funcional para atividades tanto domésticas como laborais.

Esse quadro pode ser um problema, chamado de Síndrome do Túnel do Carpo. Uma mononeurite de um nervo periférico, que acomete as mãos e punhos.

Em um momento que cada vez mais que se exige competências e habilidades, ficar com limitação, mesmo que parcial e temporária nas mãos, pode comprometer a função do trabalhador, do jovem ou do idoso.

Leia Também:  Qual a sua motivação para a cirurgia plástica?

Existem outras patologias ou diagnósticos diferenciais que podem mimetizar esse quadro, como neurites de origem Hansênicas (hanseníase) ou polineuropatia por descompensação diabética em casos não tratados de adequadamente.

Pessoas mais maduras, que ao longo da vida exerceram atividades que exigiram muito das mãos, são mais propensas a quadros degenerativos nas articulações dos dedos, chamado de Osteoartrose.

Não há uma correlação direta com a atividade laboral, idade ou sexo do paciente. Pode acometer qualquer indivíduo, porém, existe alguns dados epidemiológicos que apontam para alguns perfis específicos.

De modo geral, quando começarem os sintomas, a orientação é procurar um Cirurgião de Mão, que é o profissional especializado ou um Ortopedista geral para fazer a investigação do caso, evitando postergar o tratamento e um possível déficit funcional futuro.

Dr Adriano Bastos Pinho

– Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão

– Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

– Mestrando em Atenção Hospitalar pelo HUJM

– Pós-graduado em Preceptoria em Residência Médica pelo Sírio Libanês

Leia Também:  A "louca vadia" Solange Linhares ganhou uma no Ministério Público

– Pós-graduado em Auditoria em Serviços de Saúde pela UNIC.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA