ATIVIDADE PARLAMENTAR

“É preciso ter equilíbrio nas medidas para não prejudicar quem precisa trabalhar”, diz João Batista sobre antecipação de feriados

Publicados

em


O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros) participou na tarde desta segunda-feira (22) da reunião, entre o governador Mauro Mendes (DEM) e demais parlamentares da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que resultou na antecipação dos feriados para tentar conter o avanço da Covid-19 no Estado. Sobre o assunto, Batista afirmou que “é preciso ter equilíbrio nas medidas para não prejudicar quem precisa trabalhar”, destacou.

Durante entrevista, o parlamentar enfatizou que todos os aspectos relacionados à redução do contágio do novo coronavírus foram discutidos no Palácio Paiaguás. Segundo ele, a ALMT tem exatamente esse objetivo, de ser um porta-voz da população mato-grossense.

“O cenário hoje é de gráficos crescentes da Covid-19, isso não pode ser descartado. Mas, existe também um estrangulamento do comércio. Acredito que as medidas que forem tomadas de agora em diante devem ser no sentido de frear esse avanço do vírus, atentando-se para a permanência dos postos de trabalho para a população”, ponderou João Batista.

De acordo com o Governo do Estado, o projeto de lei será encaminhado à ALMT, nesta terça-feira (23). Assim que aprovada a matéria, a antecipação dos feriados passa a valer na próxima sexta-feira (26), e encerra no dia 04 de abril, contando 10 dias corridos.

“Estamos em uma situação muito delicada em todo o Brasil e em Mato Grosso. Triplicamos as UTI’s em um ano, estamos fazendo todos os esforços para abrir mais, porém o sistema de saúde tem limite. Só com o reforço do distanciamento social poderemos frear a contaminação e as mortes”, afirmou o governador.

As datas comemorativas antecipadas serão: Corpus Christi, Consciência Negra, Dia do Servidor Público, Dia do Trabalhador e aniversário dos municípios, que serão emendados com o feriado da Semana Santa, que ocorre na próxima semana. Durante este período, continuam válidas as medidas restritivas que estão em vigor em todo o Estado desde o início do mês. As forças policiais serão intensificadas para fiscalizar e coibir todo tipo de aglomeração.

Leia Também:  ​​​​​​​Comissão de Direitos Humanos aprova pareceres favoráveis a 33 projetos

 

Fonte: ALMT

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA