PICANTES

Em entrevista, Luísa Sonza fala de crises após ameaças: “Achei que ele ia me matar!”

Publicados

em

Em entrevista ao Saia Justa, no GNT, a cantora Luísa Sonza quebrou o silêncio sobre suas crises de pânico, especialmente após os ataques de ódio que recebeu desde o fim de seu relacionamento com o humorista Whindersson Nunes.

Na ocasião, ela contou que chegou a desistir de uma viagem de avião e precisou receber ajuda da equipe de comissários de bordo, por pensar que alguém estava planejando matá-la.

“[…] Entrei no avião, na época as pessoas me olhavam feio, era atacada na rua. Entrei com segurança porque eu era ameaçada de morte. A gente sempre tem [ameaças], vivo direto, mas nessa época era mais sério, de foto de arma, o cara sabia meu endereço […] Entrei [no avião] e um homem colocou uma mala preta do meu lado. E foi para o fundo do avião. Achei que ele ia me matar. Tive uma crise que me impediu de andar. A aeromoça me ajudou e eu não consegui fazer a viagem, tive uma crise de pânico. Voltei para casa e minha equipe me apoiou porque minha família estava longe”, contou. Confira:

Leia Também:  Luísa Sonza alcança top 50 global do Spotify após sucesso de Anitta

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA