Amor de Mãe

Em meio a crise, Globo inicia projeto para exportar ‘Amor de Mãe’

Publicados

em


Trama deve ser exportada em breve (Foto: TV Globo)

O ano de 2020 pegou as emissoras de televisão de surpresa devido a pandemia, a Globo por exemplo, pela primeira vez em mais de 30 anos parou de exibir  novelas inéditas e abriu espaço para reprises. O que se espera é que a partir do próximo ano os folhetins voltem a ser exibidos de maneira inédita e as gravações já estão quase finalizadas. 

Além de reabrir o horário das 21h, ‘Amor de Mãe’ terá ainda uma outra responsabilidade que é levantar o faturamento. A pandemia acabou abalando o setor financeiro de todas as emissoras e a expectativa é que o enredo protagonizado por Regina Casé comece a ser vendido a partir de Janeiro, sendo assim ajudará a quitar as contas do canal no início do ano.

O título em inglês já foi definido e será ‘A Mother’s Love’, como a novela ainda não foi exibida de maneira integral no Brasil, o canal venderá apenas o 100 primeiro capítulo. Em recente entrevista, o gerente de vendas da emissora revelou que outra novelas também serão exportada e deu ênfase em histórias mais leves e com mais entretenimento, uma vez que a atual situação do mundo é tensa.

Veja também: Thelma age com requintes de crueldade em final de ‘Amor de Mãe’

“As pessoas estão mais preocupadas, com sentimentos de ansiedade e tristeza. De acordo com a OMS [Organização Mundial da Saúde] subiu o índice de depressão no mundo. Nos Estados Unidos, 40% responderam que estavam mais ansiosos, e 29% mais deprimidos, e também uma em cada três pessoas se sentiam mais solitárias”, contou Pablo Ghiglione.

 

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA