MANCHETE 2

Em meio a pandemia do Covid 19, prefeita Thelma não paga médicos em Chapada dos Guimarães

Publicados

em

 

Médicos contratados pelo Município de Chapada dos Guimarães reclamam atrasos nos salários há meses e o pagamento de fevereiro ainda não foi depositado. Os profissionais são servidores da Gonçalves-Preza Serviços de Assistência em Saúde (LTDA). O profissional, que contactou com a reportagem do Grupo Gazeta de Comunicação e que não quis se identificar por temer perseguição, informou ao que desde o começo do ano a situação é a mesma de atrasos.

Relata que os médicos, no início da gestão da prefeita Thelma de Oliveira, eram contratados diretamente pelo município. Parte do salário era pago pela Prefeitura e outra pelo Governo Federal, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, em novembro passado, Chapada rompeu todos os contratos e firmou convênio com a Gonçalves-Preza, por meio da qual os profissionais dispensados foram recontratados. A partir de dezembro a empresa passou a intermediar os recebimento pela prestação de serviços.

“Antes, quando éramos contratados, o pagamento era todo dia 30. Depois passou para o dia 5, ai dia 10, dia 20, mas até hoje não recebemos o salário de fevereiro. A gente cobra e desconversam, falam que não tem dinheiro em caixa ou que a empresa tem que segurar o atraso”, relata o médico.

Leia Também:  Filha é presa após ameaçar matar a mãe com uma faca

O médico conta que o primeiro mês do contrato foi pago porque que os profissionais ameaçaram parar. Mas as irregularidades do repasse se sucedem há meses. Segundo o denunciante, cerca de 10 médicos estão com recebimento atrasado. Eles atendem nos Postos de Saúde da Família (PSF), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Hospital Municipal.

O profissional ainda explica que com a pandemia de coronavírus Covid-19 os médicos estão sobrecarregados, o treinamento é básico e equipamento de proteção individual (EPI) escasso.

Outro lado

A reportagem tentou contato com a empresa Gonçalves-Preza por meio do telefone disponível, mas ele não funciona. A Prefeitura de Chapada foi procurada e não atendeu às ligações, bem como não respondeu as mensagens.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA