CIDADES

Empresário alega ser dono de terreno onde será construído Hospital Veterinário de Cuiabá

Publicados

em

A Prefeitura de Cuiabá suspendeu o lançamento da obra do primeiro Hospital Veterinário Municipal, que deveria ocorrer nesta segunda-feira (17), após um empresário alegar ser dono do local onde a obra será construída.  O terreno está localizado em frente ao Cemitério Parque Bom Jesus, na Rodovia Palmiro Paes de Barros.

O empresário Luiz Alberto Gebrim compareceu ao evento com a documentação e disse que a área lhe pertence desde 2010. Ele alega que o terreno de 21 mil metros quadrados, adquirido por ele a R$ 1 milhão, foi invadido pela Prefeitura há 40 dias .

“Essa área me pertence. Tenho certeza que a Prefeitura invadiu minha área. Eu pago aqui. O pessoal que invadiu aqui no fundo me respeitou e não entrou na minha área. Aqui, eu tenho escritura e tenho como provar”, disse à imprensa.

Gebrim explicou que antes de adquirir o terreno foi à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e verificou a viabilidade de compra do local.  “Fui ao cartório do quinto ofício para saber se estava tudo certo. O tabelião me falou que estava tudo certo. Comprei a área, fiz a escritura e registrei”, afirmou.

Leia Também:  Victorya posta sequência de fio dental balançando a bunda e tamanho choca os fãs; confira os videos

Ele ainda completou “Eu pago IPTU. Fiz a cerca todinha. A Prefeitura quebrou minha porteira. Eu quero que ela repare o que ela fez. Que ela me devolva a minha área. Esta não é uma área de reserva, nem área verde, é particular”, concluiu.

O secretário de Meio Ambiente, Juares Samaniego, rebateu as acusações e garantiu que o terreno é de propriedade da Prefeitura de Cuiabá. Ele ainda afirmou que o Executivo irá ingressar na Justiça e pedir uma liminar de autenticidade da área.

 “Não vou questionar o suposto proprietário, porque ele pode ser comprador de boa-fé, mas é um título que não é aqui, é um título plantado nesta área. Ele pode ser um comprador de boa-fé, mas o documento que ele apresenta é da Gleba Bela Vista, que não está nesta região. Aqui estamos no complexo do Parque Cuiabá. Então, ele pode ser um comprador de terceiro, que fez uma montagem nesta área”, afirmou.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) divulgou um vídeo em suas redes sociais onde garantiu que o lançamento da  obra deverá ocorrer nos próximos dias.

Leia Também:  MP investiga clínica que promete curar Covid e câncer em Cuiabá

“Vamos esclarecer essa situação de forma administrativa ou até na Justiça se for o caso. Então, com isso eu só estou adiando o lançamento dessa grande obra, mas não estou em hipótese alguma comprometendo o nosso sonho de fazer Cuiabá um case de sucesso em proteção aos nossos animaizinhos. Fiquem tranquilos que voltarei com novidades”, disse o prefeito.

O prefeito alegou que há muitas questões envolvendo regularização fundiária em Cuiabá. “Imediatamente eu suspendi o lançamento da obra até que essa situação seja toda ela esclarecida. Aqui em Cuiabá é muito comum essa luta por áreas públicas”.

“É muito comum em todas as regiões da cidade pessoas aparecerem tempos até com documentos em mãos, como é o caso, alegando que aquela área é dela – e o no nosso controle aqui da Prefeitura é tida como pública”, disse o prefeito.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA