POLÍCIA

Empresário é morto a tiros em chácara de MT; sargento da PM é suspeito

Publicados

em

O empresário Pedro Luís Pegorini foi assassinado a tiros na tarde desta terça-feira (25) em uma chácara, na zona rural no Município de Tapurah (433 km de Cuiabá).

O principal suspeito de cometer o homicídio é um sargento da PM, que não teve a identidade revelada.

De acordo com a Polícia Militar, Pedro e o suspeito estavam ingerindo bebidas alcoólicas dentro da casa, quando tiveram uma discussão.

Em determinado momento, o suspeito sacou a arma e atirou à queima-roupa contra a vítima; Após o crime, o sargento teria fugido.

Por volta das 17h, um funcionário da propriedade rural ao lado acionou a polícia. Ele contou ter escutado barulhos de disparos vindo da chácara em que vítima e suspeito estavam.

Ainda segundo os policiais, o empresário chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu e morreu antes de ser encaminhado a uma unidade hospitalar.

O motivo do crime ainda é desconhecido e o suspeito não foi localizado até o momento.

A Polícia Civil de Tapurah investiga o caso.

Pegorini era um dos pioneiros de Lucas do Rio Verde e dono da funerária Nossa Senhora de Fátima.

Leia Também:  Defesa fará coletiva de imprensa para esclarecer acusações contra Cleverson Contó

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA