CIDADES

Empresário Edgare Júnior não resiste e morre nessa madrugada de COVID-19 em Cuiabá

Publicados

em

O empresário Edgare Junior, conhecido como Juninho do Edgare, de 39 anos, morreu na madrugada deste sábado (27) em decorrência de complicações da covid-19. A informação foi confirmada por amigos da vítima.

Edgare estava entubado desde a semana passada (17), após ter 90% dos pulmões comprometidos pelo novo coronavírus.

Como o quadro clínico do paciente vinha em processo  deterioração, o empresário foi internado no antigo pronto-socorro da capital, que é referência para o tratamento da covid-19, e na sequência do tratamento veio a ser entubado.

A esposa dele, Daniela Tada,  também contraiu a Covid-19, mas já está curada. Ela chegou a ficar internada em Maceió (AL) por alguns dias por não ter conseguido embarcar para Cuiabá. Contudo, ela apresentou melhoras, recebeu alta e foi autorizada a viajar de volta para a capital mato-grossense, onde já chegou há 3 dias.

A família estava de férias na capital alagoana quando quando Daniela sentiu os primeiros sintomas da doença e não pôde embarcar para Mato Grosso. Por isso Edgare e os filhos vieram embora e ela ficou se tratando por lá.

Já em Cuiabá Juninho Edgare também apresentou sintomas da Covid-19  e foi internado no antigo pronto-socorro. O quadro se agravou ainda mais e o empresário precisou ser intubado na UTI da unidade de saúde no dia 17 de fevereiro com 90% dos pulmões comprometidos.

Os filhos do casal, de 4 e 7 anos, não apresentaram sintomas, mas também foram submetidos a exames que descartaram o contágio pelo novo coronavírus.

O corpo do empresário ainda não foi liberado do hospital onde faleceu. A cerimônia de sepultamento será restrita a familiares seguindo os protocolos defidos para os casos de óbito envolvendo Covid-19.

Nessa sexta-feira (26), com avanço da disseminação do covid-19 na capital, o prefeito  Emanuel Pinheiro (MDB), estuda retomar o toque de recolher e espera uma audiência pública a ser realizada na próxima segunda-feira (01), onde será decidido, a pedido do MPMT, se a Justiça ira determinar lockdown seletivo na Capital e Várzea Grande.

Abrasel lamenta morte

Com imenso pesar, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes  (ABRASEL-MT), informa o falecimento de Edgar Junior, neste sábado  (27/02). Nossos sentimentos e solidariedade à família e amigos.

Membro da diretoria da ABRASEL MT desde 2014, Edgare foi um homem atuante, grande incentivador e referência para o setor.

Uma das pessoas que mais contribuiu para desenvolvimento do setor nos deixa hoje com muita tristeza e estarrecidos. Que Deus fortaleça os corações dos familiares, especialmente, de sua mãe, Dona Nice, e de sua esposa, Daniela

 

 

 

 

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA