POLÍCIA

Envolvidos em tentativa de roubo a joalheria são presos em Cuiabá

Publicados

em


Sete horas de trabalho incansável de militares de várias unidade da PM resultou na prisão de dois homens ( 28 e 36 anos) envolvidos na tentativa de roubo a uma joalheria, no bairro CPA 2, no final da manhã desta quinta-feira (22.04). Na ação criminosa, os ladrões usaram fardas da corporação.

Informações colhidas pela Agência de Inteligência do CR1 apontavam que os homens tinham usado um VW Gol preto, na fuga. Com as imagens das câmeras de monitoramento, foi identificado que o carro circulava pela região do coxipó.

As equipe do Bope e do 3º BPM intensificaram buscas pela região. Em diligência, a equipe do Grupo de Apoio (GAp) reconheceu o Gol circulando pela Avenida Fernando Correa da Costa e foi parado.

O motorista confessou ter dado apoio no roubo e apontou a localização de um dos criminosos. Na casa do denunciado, no bairro Nova Esperança,  em Cuiabá, ele ainda tentou fugir, mas foi contido depois de resistir, sendo necessário o uso de algemas.

No quintal da residência, os policiais encontraram dentro de um mochila, um conjunto de farda da Polícia Militar, com a calça e a gandola. Nos cômodos foram localizados uma réplica de pistola e porções de maconha.

Questionado onde teria comprado a farda, o homem respondeu que foi em um site de compra e venda. Foi descoberto ainda que suspeito ostentava em redes sociais e em grupo de conversas vestindo a farda da PM.  Informação que também vinha sendo apurada pela equipe de inteligência e facilitou sua identificação.

Sobre a identidade do seu comparsa, o homem se manteve calado. O gerente da joalheria o reconheceu como um dos autores da tentativa de roubo.

Todo material apreendido e os suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrante. Diligências continuam na busca do terceiro envolvido no crime.

Imagem do circuito de monitoramento                                   Foto: PMMT

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA