POLÍTICA MT

EP elogia possível vice de Mauro, mas alerta: “apoiar Governo é retrocesso”

Publicados

em

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), disse que o seu filho, deputado federal Emanuel Pinheiro Neto – Emanuelzinho (PTB) – vem recebendo convites de filiação de vários partidos. Um deles é o MDB, que já tem dois deputados federais.

“O Emanuelzinho é a bola da vez, é o sonho de verão de todo partido político e da nova geração política de Mato Grosso. De longe, o mais talentoso e que tem se projetado melhor. Por isso, ele tem sido procurado”, declarou Emanuel.

Sobre o convite do MDB, Pinheiro destacou que o partiu do diretório nacional da legenda e não das lideranças estaduais. “Eu estava com o deputado Baleia Rossi, presidente nacional do MDB, quando ele convidou o Emanuelzinho pessoalmente para se filiar ao MDB e fortalecer o partido em Cuiabá e no Congresso Nacional. Outros partidos também já estão convidando, mas por enquanto ele está resolvendo questões internas do PTB”, explicou.

MAJORITÁRIAS

Em relação à disputa ao Governo do Estado nas eleições de 2022, o MDB cogita uma possível composição majoritária com o governador Mauro Mendes, indicando o prefeito de prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin, como vice.

Leia Também:  PP prepara ações para lançar candidaturas de mulheres em MT

Pinheiro afirma que Bortolin é um bom nome, entretanto, não apoiaria sua candidatura como vice de Mendes. “O Léo é um bom nome, mas se for vice do Mauro, não. Se for vice do atual governo e defender isso que está aí, já deixei claro que é um retrocesso. Agora, se for a construção de um projeto político passa a ser um dentre tantos outros nomes bons”, declarou.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA