ECONOMIA

Estados e municípios estudam cobrança de impostos via Pix

Publicados

em


source
Programa ja é usado para cobrança de impostos federais
Luciano Rocha

Programa ja é usado para cobrança de impostos federais






Você viu?




O P ix , lançado em 19 de fevereiro de 2020 pelo BACEN, já é usado pelo governo federal como forma de pagamento de impostos federais e começa a avançar também para Estados e municípios. Alguns deles, como o Estado de São Paulo, se prepara para incluir o Pix como uma alternativa para o recolhimento de tributos locais, como o ICMS (estadual) e o IPTU (municipal), por meio de uma solução desenvolvida pelo Banco do Brasil (BB).

A solução do BB permite que o contribuinte faça a quitação do imposto através de um QR Code, que pode ser pago através do aplicativo de qualquer instituição financeira que tenha o Pix, não apenas pelo Banco do Brasil. Além de São Paulo, estão em fase de estudo  tecnologia os estados do Piauí e do Acre. Entre os municípios, estão Eusébio, no Ceará, São José dos Campos, no interior paulista, Uberlândia, em Minas Gerais, e Linhares e Vila Velha, ambas no Espírito Santo.



POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA