MUNDO

FBI intercepta correspondência com toxina mortal. Alvo era Donald Trump

Publicados

em


.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, era o destinatário de uma correspondência contendo ricina.| Foto: Brendan Smialowski / AFP

Um pacote contendo ricina e tendo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como destinatário, foi interceptado antes que chegasse à Casa Branca. A informação é da rede norte-americana CNN. De acordo com a emissora, o pacote foi interceptado numa central de distribuição de correspondências há alguns dias. Exames confirmaram se tratar de ricina, uma toxina potencialmente letal. Aparentemente, a correspondência foi enviada do Canadá. Ninguém foi preso.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA