POLÍTICA MT

Festival de Inverno em MT tem “fora Bolsonaro” e expõe divisão social

Publicados

em

Participantes do Festival de Inverno em Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá) aproveitaram para externar reprovação ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e puxaram um “fora Bolsonaro” que ecoou por toda a praça onde é realizada a 35ª edição do evento, com entrada gratuita.

Vídeos gravados no local mostram que houve adesão maciça de milhares de pessoas. O fato foi registrado na noite deste sábado (30), quando ocorria o show nacional do cantor Seu Jorge.

Nas imagens, é possível observar algumas pessoas com as mãos levantadas com se fizessem a letra L com os dedos, numa  possível referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), um dos candidatos à Presidência. O petista aparece como o favorito, liderando todas as pesquisas de intenções de votos, inclusive, com projeções e chances de ser eleito no primeiro turno.

Tal fato evidencia uma divisão social diretamente relacionada à questão de classe social e poder financeiro de pessoas que defendem o atual presidente, candidato à reeleição e também de quem está insatisfeito torcendo para que ele seja derrotado nas urnas em outubro próximo.

Em Mato Grosso, por exemplo, onde uma expressiva parcela de empresários e grandes produtores do agronegócio, os chamados “barões do agro” defende abertamente a reeleição de Jair Bolsonaro, um evento com entrada gratuita sugere que são as pessoas de menor poder aquisitivo que clamam pelo fim do governo de Jair Bolsonaro. Nesse caso, elas aproveitam tais eventos para puxar gritos de “fora Bolsonaro”.

Leia Também:  Motorista exibe mensagem “Aceitamos Xerecard” em letreiro de ônibus e é demitido

Isso porque, tanto na Capital quanto em municípios referência na produção de grãos e na atividade pecuária, como Sorriso, Sinop, Rondonópolis, Campo Novo do Parecis, Sapezal, dentre outros, é comum a realização de eventos com shows nacionais, principalmente de cantores sertanejos. E, raramente se vê um protesto de “fora Bolsonaro” ecoar em tais festividades.

Novamente, pode-se considerar que também é reflexo dessa “divisão social” uma vez os valores dos shows nesses locais não são baratos. Com isso, torna-se  inviável e inacessível a participação de milhares de mato-grossenses quem recebem salários menores e enfrentam dificuldades diárias para conseguir pagar as contas do mês e garantir a alimentação diante de um cenário de inflação galopante com comida e demais itens de consumo sendo reajustados com frequência.

Sobre a aceitação de Lula e Bolsonaro pelos mato-grossenses vale ressaltar que pesquisas recentes apontaram o petista ganhando espaço, principalmente em cidades da Baixada Cuiabana, conforme divugou FOLHAMAX no dia 13 de julho numa matéria que trazia resultados de um levantamento do Instituto Percent apontando vantagem de Lula sobre Bolsonaro em 13 municípios.

Leia Também:  TRE nega recurso e mantém ação que poderá cassar vereador em MT

A pesquisa, na modalidade espontânea, pontava o petista com 38,8% enquanto o candidato do PL aparecia com 27,3%. Nessa modalidade, nenhum nome é apresentado aos entrevistados.

FESTIVAL DE INVERNO

O Festival de Inverno de Chapada começou na quinta-feira (28) com a promessa de atrair milhares de turistas com uma programação variada, que inclui grandes nome da música brasileira, atrações regionais, campeonato de balonismo e diversas outras oficinas e atividades.

Fonte: Folha Max

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA