POLÍTICA NACIONAL

Fora do STF, Marco Aurélio afirma que a Corte ‘ressuscitou politicamente Lula’

Publicados

em

Marco Aurélio ficou 31 anos no STF | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Ex-ministro sinaliza ser contra a candidatura do petista à Presidência

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello analisou o cenário político de 2022 em entrevista à revista Poder, que será publicada no sábado 17. Os trechos da conversa foram obtidos pelo jornal O Globo. Questionado sobre a decisão que tornou o petista elegível, Mello disse: “Essas idas e vindas, tal dito pelo não dito, são péssimas. E acabou o Supremo ressuscitando politicamente o ex-presidente. Eu fui voto vencido, mas a maioria decidiu, paciência.”

Conforme noticiou a Revista Oeste, o ministro do STF Luiz Edson Fachin anulou as condenações contra o petista no âmbito da Operação Lava Jato. Portanto, Lula se tornou “ficha-limpa” perante a Justiça. Segundo Mello, caberá aos brasileiros aguardarem se Lula vai se candidatar em 2022. “Penso que o ex-presidente já prestou serviços à pátria e que é hora de nós termos a abertura de oportunidades para outros candidatos”, disse.

Revista oeste.

Leia Também:  Oito presos em ala para Covid-19 fogem de cadeia em MT

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA