POLÍTICA MT

Governador tira R$ 2 milhões da Segurança Pública para colocar na Casa Civil de MT

Publicados

em

O governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, assinaram, nesta semana, uma série de decretos orçamentários remanejando e suplementando o orçamento de algumas secretarias e órgãos do Governo do Estado.

Os decretos foram publicados nesta segunda-feira (22) em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE).

Em um dos decretos, o governador faz um remanejamento orçamentário de R$ 2 milhões retirando recursos destinados à serviços de alimentação da Secretaria de Estado de Segurança Pública para realocá-los na Secretaria da Casa Civil, sob Mauro Carvalho.

Segundo o Decreto Orçamentário Nº 3 de 22 de fevereiro de 2021, além dos R$ 2 milhões à Casa Civil, também tiveram o orçamento suplemento o Fundo Estadual de Saúde, em R$ 4,5 milhões, e a MT Par Participações em R$ 212 mil.

O documento aponta que os R$ 2 milhões enviados à Casa Civil vieram da Segurança Pública com a rubrica “manutenção de serviços de alimentação”. Já na Casa Civil, os recursos serão usados para “manutenção de serviços administrativos gerais”.

Na semana passada, outra reportagem revelou que, segundo o balanço orçamentário anual, a Casa Civil de Mato Grosso registrou só em 2020 mais de R$ 130 milhões em despesas empenhadas.

Confira o decreto que remanejou R$ 2 milhões da Segurança Pública para a Casa Civil:

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA