conecte-se conosco

MATO GROSSO

Governador decreta situação de emergência em Mato Grosso

Publicados

em

.

O Governador Mauro Mendes decretou situação de emergência em todo o território mato-grossense por 90 dias, diante da pandemia do novo coronavírus, que tem feito vítimas por todo o mundo. A situação é considerada como desastre natural e classificada como epidemia de doença infecciosa viral. O decreto nº 420/2020 foi publicado em edição extra do Diário Oficial de segunda-feira (23.03).

O anúncio vem após a confirmação de seis casos de contaminação e 210 suspeitos, em mais de 40 municípios de Mato Grosso. O objetivo é de que o Estado tenha condições de resposta para a “prevenção, preparação, mitigação e recuperação frente à epidemia do novo coronavírus causador da doença denominada COVID-19”.

O decreto tem a vigência de três meses e pode ser prorrogado por mais um semestre, ou seja, 180 dias, de acordo com a necessidade de ações de contenção da doença.

Fica autorizado o recebimento de receitas destinadas a ação de prevenção e combate à doença, relacionadas com a assistência social, por meio de contas especiais do Banco do Brasil, abertas para esta finalidade. Os recursos recolhidos serão para a Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

O governo já vem adotando diversas medidas por meio de decreto, entre elas a proibição de aglomerações, fechamento de bares e estabelecimentos comerciais não essenciais, restaurantes e padarias podem trabalhar apenas com a opção de entrega ou retirada no local, a suspensão do transporte intermunicipal, e a distância de ao menos 1,5 m entre as pessoas em instituições públicas e privadas. Veja aqui a lista completa de  medidas de prevenção. 

Confira o decreto 420/2020 na íntegra:

Fonte: GOV MT

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MATO GROSSO

Em seis dias, PM prende 14 pessoas e recupera 150 galões de defensivos agrícolas roubados em MT

Publicados

em


.

Do dia 31 de março a 04 de abril, a PM prendeu 14 pessoas envolvidas em quadrilhas especializadas em roubos e furtos de defensivos agrícolas em Mato Grosso. Cerca de 150 galões e centenas de fardos dos produtos seja líquido, granulado ou em pó foram recuperados pelos policiais militares. Treze armas de fogo foram apreendidas com os suspeitos.

As ações de repressão à prática criminosa aconteceram nas cidades de Rondonópolis, Primavera do Leste, Sorriso e Vera.

Neste sábado (04.04), policiais do 14º BPM de Primavera do Leste recuperaram 70 galões de defensivos agrícolas líquidos e mais 75 kg da mesma substância na forma granulada. Os três suspeitos haviam invadido uma fazenda às margens da rodovia MT -130, rendido o funcionário do local e roubado os produtos. A PM prendeu três homens em flagrante transportando os galões do produto na caminhonete. Com eles também foi apreendida uma pistola 380 e 32 munições.

Em Rondonópolis, três ações pontuais desarticularam quase que simultaneamente uma quadrilha que atuava na área rural da cidade. No município, oito pessoas foram presas, mais de 74 galões de defensivos agrícolas e 5 kg de ureia foram recuperados. A polícia ainda apreendeu com os suspeitos nove armas de fogo entre rifles, espingardas, revólveres e munições. 

Na quarta-feira (01.04), policiais da 14ª Companhia Independente de Força Tática da PM prenderam três suspeitos por roubo a uma fazenda no município de Itiquira. A quadrilha teria invadido a propriedade exigindo armas e produtos de valor. As vítimas acionaram a polícia por meio de um grupo de aplicativo de mensagem criado pela PM que aciona o serviço da Patrulha Rural.

Para deter o grupo os policiais seguiram os suspeitos na BR -364, que atiraram contra os militares, dando início a um confronto. O motorista perdeu o controle da direção do carro e os suspeitos sofreram um acidente. A Polícia prendeu os suspeitos e encaminhou o homem ferido ao hospital, já que ele ficou preso às ferragens. Com os suspeitos foram apreendidos um revólver, espingarda, 22 munições e a quantia de R$ 640 levados das vítimas.

Outra ação em Rondonópolis em repressão aos roubos e furtos de defensivos agrícolas e produtos de valor em propriedades rurais aconteceu no último dia 31 de março, em uma fazenda da região.

Proprietário de uma fazenda acionou a PM comunicando que haviam furtado defensivos agrícolas, ureia e outros produtos. Em diligências pela região os policiais identificaram rastros de um dos produtos nas proximidades do assentamento Carimã e sítios do local, a polícia encontrou todos os produtos levados do furto e prendeu os suspeitos em flagrante.  

O comandante da Força Tática de Rondonópolis, tenente-coronel Gleber Candido Moreno conta que as três operações na região desarticularam as ações criminosas graças a aproximação da população da zona rural com a PM, por meio da Patrulha Rural.

“A Patrulha Rural utiliza a tecnologia via aplicativo de mensagem e GPS para reprimir as ações de roubo e furtos em propriedades rurais. A vítima nos aciona através do serviço da Patrulha Rural, os policiais buscam o local pelo GPS  e de imediato conseguimos pegar e deter as quadrilhas, recuperando todo o material.

Na quinta-feira (02.04), policiais de Sorriso em uma ação conjunta com a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) também desarticularam uma quadrilha envolvida em roubo de defensivos agrícolas. Dois homens e uma mulher foram presos na cidade de Vera.

Um dos suspeitos confessou que iria se reunir com outros membros da quadrilha para organizar um novo roubo em busca de defensivos agrícolas em troca de dinheiro para custear despesas do grupo criminoso.

A polícia encontrou espingarda semi-automática, rifle, 40 porções de pasta base de cocaína e cinco camisetas com emblema da Polícia Judiciária Civil foram apreendidas na operação policial.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA