JUDICIÁRIO MT

Inscrições para “Lançamento do Programa Justiça 4.0” podem ser feitas até segunda-feira

Publicados

em


Magistrados e servidores envolvidos nas áreas de tecnologia, inovação, estratégia e estatística do Tribunal de Justiça de Mato Grosso podem se inscrever até a próxima segunda-feira (22 de fevereiro) para participar do “Lançamento do Programa Justiça 4.0”. O evento, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), ocorrerá de quarta a sexta-feira (24 a 26 de fevereiro), das 9h às 12h e será semipresencial, com transmissão pela internet.
 
Os interessados devem confirmar a participação, por meio de inscrição, no endereço: https://eventos.cnj.jus.br/inscricao-lancamento-do-programa-justica-40-e-da-rede-deinovacao-do-poder-judiciario.
 
O link de acesso para o evento será enviado ao e-mail dos inscritos, que deverão assegurar recursos tecnológicos necessários à participação, tais como, conexão à internet com estabilidade e qualidade, além de computadores, monitores, dispositivos de áudio e vídeo com câmeras, microfones e alto-falantes adequados.
 
Durante o evento serão apresentados aos tribunais de todo o Brasil os eixos do “Programa Justiça 4.0 – Inovação e efetividade na realização da Justiça para todos”; o levantamento de dúvidas, avaliação diagnóstica e expectativas em relação à implementação e ao desenvolvimento dos centros de inteligência; as soluções de tecnologia para a justiça, com apresentação de painéis expositivos e discussões; e a assinatura de Termo de Cooperação entre o CNJ e TJRN de adesão ao Programa Justiça 4.0.
 
Dúvidas e mais informações podem ser obtidas pelos telefones da Secretaria de Cerimonial e Eventos do CNJ: (61) 2326-5540 / 4661.
 
A iniciativa – O Programa Justiça 4.0 tem objetivo de aprofundar o processo de inovação e modernização tecnológica da Justiça brasileira, tornando-a menos burocrática, mais célere e humanizada, para descobrir formas inovadoras de ampliar e facilitar a prestação jurisdicional no país.
 
Dani Cunha/Com informações do CNJ
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 
 
 

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA