POLÍTICA MT

JOVEM E DESCONTROLADO – Deputado bolsonarista xinga Mauro Mendes por causa do coronavirus; veja imagens

Publicados

em

 

A crise do coronavirus também tem motivado muita disputa entre políticos pelo Brasil e também em Mato Grosso. Todos querem puxar a brasa pra sua sardinha, neste período em a maioria do povo está temendo pela própria vida, dada a crescente contaminação pelo coronavirus. É o caso do deputado estadual Ulisses Moraes (PSL), o mais jovem da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e um dos mais descontrolados.

Ulisses está muito chateado com a possibilidade do governador Mauro Mendes vetar as propostas aprovadas na Assembleia Legislativa de Mato Grosso para enfrentar a crise da Covid 19.

A incidência da pandemia do coronavírus levou os deputados estaduais a aprovarem três projetos de lei com o objetivo de combater a propagação da doença no estado. As medidas foram aprovadas na manhã desta quarta-feira (18) durante sessão na Assembleia Legislativa e foram elaboradas por lideranças partidárias.

Entre as propostas aprovadas pelos deputados está a que reduz para 7% a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Serviços e Mercadorias) sobre produtos usados na prevenção da doença como álcool em gel, insumo para fabricar álcool em gel e derivados (exceto energia elétrica), luvas médicas, máscara, hipoclorito de sódio e álcool 70%. A medida vale pelo período de vigência da recomendação da Organização Mundial da Saúde.

Leia Também:  Polícia Civil inicia entrega de móveis e equipamentos em delegacias

Outra proposta aprovada nesta manhã é a que enquadra dentro da Lei de consumo, estabelecimentos comerciais que elevarem de forma abusiva, os preços dos produtos utilizados para evitar a contaminação pelo coronavírus, com multa que pode variar de R$ 10 a R$ 50 mil.

O terceiro projeto aprovado é que determina que alunos da rede pública estadual de educação, cujas aulas serão suspensas a partir da próxima segunda-feira (23), e que sejam cadastrados e beneficiados no bolsa família e no Programa “Pró-família”, continuem recebendo a alimentação escolar. Deverá ser transferido o valor de R$ 3,98 por refeição às famílias conforme situação de cada aluno apurada no cadastro da Secretaria de Educação. Alunos que fazem uma refeição na unidade escolar terão direito ao valor de R$ 59,70, os que fazer duas, devem receber R$ 119,40, e os alunos que têm três refeições na escola deverão receber R$ 179,10,para os quinze dias de suspensão das aulas.

Como as propostas dependem da sanção do governador Mauro Mendes (DEM) e Mauro não se entusiasmou com a proposta de redução de impostos, isto bastou para descontrolar ainda mais o deputado do PSL. Ulisses demonstrando ser vítima de um verdadeiro ataque de nervos gravou o vídeo que divulgamos aqui com uma série de xingamentos contra o governador de Mato Grosso.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA