Geral

Mauro Mendes descarta apoio a Nilson Leitão por conta de reciprocidade

Publicados

em

O governador Mauro Mendes (DEM), declarou que não há possibilidades de apoiar o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) para a eleição suplementar ao Senado, que ocorre no próximo dia 26 de abril.

Nesta semana Leitão confirmou que buscaria o apoio do governador para o pleito. No entanto, Mendes disse que a “reciprocidade” impede apoia-lo. Isso porque, na eleição de 2018,  quando se candidatou ao Senado, Leitão esteve ao lado do ex-governador Pedro Taques (sem partido), que tentava a reeleição.

“Política se faz com reciprocidade. A vida se faz com reciprocidade. Quem dá carinho e amor espera receber carinho e amor. Então, quem recebe apoio, espera um dia, se precisar, receber apoio do outro lado”, disse.

“Isso faz parte da lógica e dinâmica da vida. Eu não posso contrariar essa lógica. Qualquer ajuda e apoio, só posso dar, diante de tantas pessoas que estão no cenário, àqueles que um dia me deram”, completou.

 

Leia Também:  Cardeal alemão defende fim do celibato obrigatório na Igreja Católica

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA