POLÍCIA

Médica passou duas horas com dor insuportável e vomitando em jatos

Publicados

em

 

A médica Dieynne Saugo, picada por uma jararaca enquanto tomava banho em uma cachoeira no dia 6 deste mês, afirma que “o final de semana de descanso, aventura e diversão, se tornou de desespero, dor, angústia e aflição”. Na sua página no instagram, ela postou uma foto no local onde ocorreu o acidente, momentos antes.

Dieynne revela que só tomou o soro antibotrópico 3 horas após ser picada três vezes pela jararaca, pois precisou ir até o Pronto Socorro de Cuiabá. “Foram 2h de viagem com uma dor quase insuportável e com vômitos em jato que provocaram uma hemorragia digestiva alta”. A hemorragia digestiva é alta quando o sangramento ocorreu no esôfago, estômago ou duodeno.

Foram nove dias na UTI, duas cirurgias já realizadas e nesta quinta-feira passará por uma nova cirurgia.

A médica faz questão de enfatizar que foi um acidente e afirma que não tem nada com azar ou sorte. “Por que comigo? Não sei! Nunca questionei Deus por isso! Mas uma coisa é certa: Deus está operando um milagre em minha vida!!!”.

Dieynne está internada no Hospital Albert Einsten, em São Paulo.

 

Fonte: Repórter MT

publicidade

publicidade

POLICIA

POLÍTICA MT

publicidade

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA