MUNDO

Menino de 10 anos descobre que tem câncer após ser parado por estranho na rua

Publicados

em

DAVID SOZINHO, ANTES DO TRATAMENTO E, À DIREITA, COM O PAI APÓS O DIAGNÓSTICO (FOTO: REPRODUÇÃO/MIRROR)

David Lally, 10 anos, foi diagnosticado com três tumores cerebrais, mas seus pais decidiram não contar a ele para não assustá-lo. No entanto, foi um estranho, na rua, que deu a notícia ao menino, ao dizer: “Você está indo bem, lutando contra o câncer, companheiro”

11.8.2021 | CRESCER ONLINE

Um menino de 10 anos só soube que tinha câncer depois que um estranho o parou enquanto ele caminhava pela rua. O homem bem-intencionado se aproximou do estudante e disse: “Você está indo bem lutando contra o câncer, companheiro”. Os pais receberam o diagnóstico em dezembro do ano passado, mas decidiram não contar ao menino para não assustá-lo.

Em entrevista ao Liverpool Echo, eles disseram que o filho começou a apresentar pequenos caroços na cabeça, além de dores e cintilação no olho direito. Em seguida, após vários exames, os pais, Chris e Kelly, que são de Wirral, na Inglaterra, receberam a notícia devastadora que David tinha três grandes tumores cerebrais e vários pequenos. “Tem sido difícil porque, no começo, decidimos não contar a David o que ele tinha, apenas dissemos que ele tinha pequenos caroços. Então, alguém na rua se aproximou dele, apertou sua mão e disse: ‘Você está bem lutando contra o câncer, companheiro’. Então, tivemos que sentar com ele e explicar”, lembra o pai.

Leia Também:  Ministra das Relações Exteriores da Alemanha visita Bucha, na Ucrânia

Depois da quimioterapia, eles tem se sentido cansado. Ele não me deixa sair de perto, então não posso ir a lugar nenhum. Se eu me afastar dele por algumas horas, ele fica chateado. É mentalmente desgastante. A enfermaria que ele frequente tem todas aquelas crianças sofrendo… é tão difícil. Está fora do meu alcance, literalmente. Não posso fazer nada, está nas mãos de Deus. Mas se ele tiver que se sentar por dez horas para fazer o tratamento, estarei ao seu lado no momento”, completou.

Desde então, David passou por quimioterapia para tentar diminuir o tamanho dos tumores e ficou com uma cicatriz na cabeça. Na tentativa de animá-lo, Chris decidiu “replicar” a cicatriz  do filho em sua cabeça para mostrar que eles estão “juntos na batalha”. “Ele tinha uma cicatriz da qual se envergonhava. Ele dizia: ‘Olha pai, eu sou careca e tenho cicatrizes enormes’. E costumava usar chapéu. Eu disse a ele: ‘Olha, eu vou fazer uma tatuagem e vou ficar exatamente com as mesmas cicatrizes que você’. Ele perguntou: ‘Você vai, pai, vai?’, e eu disse que sim. Então, agora eu tenho a mesma cicatriz de David na minha cabeça”, disse, orgulhoso. “Estamos na batalha juntos e eu quero que ele saiba disso. Qualquer coisa que ele tiver que passar, eu vou passar com ele”, completou.

Leia Também:  Aulas nas escolas particulares de Cuiabá devem ser suspensas amanhã

Chris compartilhou a foto com o filho no Facebook e ficou surpreso com a repercussão. Muitas pessoas elogiaram o pai pelo gesto e comentaram como a tatuagem parecia “real”. “Eu não te conheço e nunca tive o prazer de conhecê-lo. Como você é incrível em fazer isso”, comentou uma pessoa. “Inspirador, o melhor pai de todos os tempos”, disse mais um. David, agora, passa por seis ciclos de quimioterapia e depois deve realizar novos exames para saber se o tratamento funcionou. “Estamos nervosos. Não sei como explicar. Queremos que acabe, mas como eu disse, está fora de nosso alcance e não podemos fazer nada a não ser apoiá-lo. Tem sido difícil para a mãe dele também, mas ela tem sido nossa rocha”, finalizou.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA