CIDADES

Missa solene celebra 154 anos de Fundação de Várzea Grande e Dia das Mães

Publicados

em


“É um momento solene e de expressarmos a nossa fé de que venceremos os obstáculos e as adversidades”, disse o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, acompanhado pela primeira-dama e promotora de Justiça, Kika Dorilêo Baracat, pelo vice-prefeito, José Hazama, pelo senador Jayme Campos e a ex-prefeita Lucimar Sacre de Campos, pelo presidente da Câmara Municipal, Fábio Tardin, além de familiares e convidados especiais que participaram da Missa em Ação de Graças pelo Aniversário de 154 Anos de Fundação de Várzea Grande, a ser comemorado no próximo sábado, 15 de maio.

Segundo o prefeito, a pandemia da COVID-19 mudou o modo de vida de todos e passou a fazer parte do cotidiano, sem exceção, e isto tem que ser encarado como um ensinamento que a vida está impondo para que cuidemos mais de nós mesmos, mas não deixemos de cuidar dos outros “pois somente unidos iremos fazer a diferença”, explicou ele, logo após a Coroação de Nossa Senhora da Guia, por ele, e do Menino Jesus, pela primeira-dama.

A Missa Solene ganhou um outro contorno, por também ser comemorado neste segundo domingo do mês de maio, o Dia das Mães. O pároco Tarcísio Camilo Santana, durante a homilia, pregou justamente sobre o amor ao próximo, sobre o amor de mãe e da importância de cada um exercer esse sentimento transformador, especialmente nestes tempos desafiadores da pandemia da COVID-19.

“O prefeito da cidade optou por uma missa junto à comunidade, sem alterar a programação dominical, demonstrando profundo respeito pela liturgia, bem como sua humildade em reconhecer nosso Senhor Deus como a autoridade máxima para os cristãos”, pontuou o sacerdote.

O prefeito Kalil Baracat aponta que faz parte da tradição comemorar o aniversário de Várzea Grande em uma missa de ação de graças. “Apesar da restrição de público, em virtude das medidas de biossegurança contra a propagação do COVID-19, a missa aqui na matriz é tradicional, reúne famílias de várias regiões da cidade e faz parte da nossa cultura. Pedimos a Deus muita saúde, coragem e determinação para trabalhar por nossa cidade”, comentou o gestor municipal, reforçando o que o Estado é Laico, mas a grande maioria das pessoas professa sua religião, cada um com sua fé e esse sentimento tem o poder de nos fortalecer na luta contra este momento, que exige união e, principalmente, afeto e atenção redobrada com nossa família e com a família dos demais.

Leia Também:  "Os tempos nazistas estão de volta", diz Putin em celebração nacional

Kalil também parabenizou as mães pela data, reconhecendo o esforço de muitas mulheres que são mães e pais, ao mesmo tempo, e persistem para dar aos seus filhos as melhores oportunidades. “Várzea Grande é uma terra de mulheres fortes, como foi a minha avó, professora Sarita, uma mulher à frente do seu tempo, do qual me orgulho e sigo seus exemplos na política: hoje sou prefeito desta cidade, na qual nasci”, relembrou ele, acrescentando sua gratidão pela mãe Cleonice Baracat, que direcionou sua educação, e sua admiração pela esposa, a primeira-dama Kika Dorilêo Baracat, mãe da Angelina e do João.

“Sou uma pessoa agraciada por ter sempre sido encaminhado por grandes mulheres, inclusive pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, a quem estou tendo a honra de suceder, e porque não dizer de amigos sempre presentes e prontos a nos ajudar a governar, em ajudar Várzea Grande, Mato Grosso e o Brasil, como o senador Jayme Campos e o ex-governador Júlio Campos”.

Para a primeira-dama Kika Dorilêo Baracat, a celebração religiosa envolve diversos significados: a fé, a união e o amor pelo próximo. “E sendo hoje Dia das Mães, o domingo ganha uma conotação ainda mais especial. Eu acredito que é a mãe que nos impulsiona, que encoraja o filho e eu sei que Várzea Grande é berço de mulheres assim, corajosas e inspiradoras”.

Leia Também:  Live show faz releitura de sambas do inesquecível Cartola nesta quarta (28)

Moradora do bairro 7 de maio, a jovem Thaynara Costa, 24 anos, agradeceu a Deus pela experiência da maternidade. Mamãe de Theo, dois meses, ela cresceu participando do projeto de cultura de paz, Cáritas. “Eu amo minha cidade e sou orgulhosa por fazer parte de um projeto social em meu bairro. Peço a Deus que continuemos no caminho da prosperidade e que logo tenhamos a população inteira vacinada contra a COVID-19”, disse ela.

A ex-prefeita Lucimar Campos, que participou da missa ao lado do senador Jayme Campos, destacou a vocação da cidade em acolher as pessoas, independente de onde nasceram. “Várzea Grande é uma cidade acolhedora, de pessoas de bem, unidas em prol de algo maior, que é o desenvolvimento. E hoje, Dia das Mães, o meu carinho pelas mães deste município, mulheres que se desdobram em várias funções e com muito amor no coração”.

Aos 75 anos, a senhora Evanir Macaúba comentou sua devoção em Nossa Senhora da Guia, o carinho pela cidade e sua confiança na gestão pública. “Recebi a segunda dose da vacina contra a COVID-19 e agradeço a Deus pela minha saúde, dos meus filhos, netos e bisnetos. Sinto que minha cidade cuida de seus moradores e a campanha da vacina é uma prova disso. Hoje nesta missa, tenho a agradecer e pedir proteção a todos os várzea-grandenses”.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, e a primeira-dama, Kika Dorilêo Baracat, foram os escolhidos para no ato final da cerimônia religiosa coroar Nossa Senhora da Guia, padroeira da cidade em um momento marcante e cheio de emoção.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA