CIDADES

Morte de homem com mesmo nome faz ex-deputado “provar” que está vivo em MT

Publicados

em

 

Dois moradores de Tangará da Serra (239 km de Cuiabá) que morreram vítimas da Covid-19 foram lembrados pelo prefeito do Município, Vander Masson (PSDB), por meio de mensagens de pesar. Um deles, Pedro Luiz Lopes, era conhecido como “Pedro Satélite”, motivo pelo qual passou a circular boatos de que o ex-deputado estadual e atual suplente de deputado, Pedro Satélite (PSD), teria movido em decorrência do coronavírus.

As especulações logo chegaram ao político que precisou mandar mensagens para amigos, conhecidos e profissionais da imprensa para esclarecer que ele não havia morrido. “Olá boa tarde não morri kkkkk”, respondeU Satélite ele ao FOLHAMAX.

Sobre o morador de Tangará com conhecido pelo mesmo “pseudônimo do ex-deputado, o prefeito Vander Masson explicou que ele era dono da Eletrônica Satélite, e por esse motivo passou ficou conhecido como Pedro Satélite.

“Tive o privilégio de conhecer o Pedro Satélite. Em nome da população de Tangará da Serra minha gratidão a ele e a família dele pela contribuição para nossa cidade. Aos familiares e amigos meus sentimentos e que Deus possa confortar o coração de cada um de vocês. O Pedro faleceu de COVID-19. Às 16h de hoje haverá cortejo fúnebre saindo da UPA com destino ao Cemitério Municipal, onde ele será sepultado”, escreveu o prefeito em suas redes sociais.

Leia Também:  Vacinado com 1ª dose, tenente da FAB morre de Covid em MT

A segunda vítima da pandemia em Tangará que também mereceu registro nas páginas do gestor foi o ex-servidor público Eduardo Pereira Costa, de 57 anos.

“Tangará está de luto!”, escreveu o prefeito ao explicar na publicação que Eduardo atuou como motorista no município por quase 20 anos. “O Senhor Eduardo chegou a Tangará em 1987, se dedicou muito a essa cidade, onde fez muitos amigos. Aos familiares e amigos enlutados meus sentimentos, que nesse momento difícil Deus possa confortar o coração de cada um”, lamentou o gestor.

PANDEMIA

Boletim epidemiológico divulgado neste domingo (13) pela Secretaria Estadual de Saúde mostra que 11.417 pessoas já morreram vítimas da Covid-19 em Mato Grosso. Somente nas últimas 24 horas foram registrados 27 novos óbitos e outras 407 notificações da doença elevando para 427.979 o total de pessoas infectadas pelo coronavírus no Estado desde o início da pandemia. Outro alerta é que a taxa de ocupação das UTIs voltou aumentar e está em 92,97%. Folha Max.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA