JUDICIÁRIO MT

MPE pede afastamento de PM que assaltou agência dos Correios

Publicados

em

O Ministério Público Estadual (MPE) abriu um requerimento nesta sexta-feira (21), solicitando o afastamento do policial militar envolvido em um roubo armado a uma agência dos Correios, em Feliz Natal (536 km de Cuiabá, na última segunda-feira (17).

 Além do afastamento o MPE, ainda pediu que o PM pagasse uma indenização de R$ 20 mil por dano moral coletivo, bem como a outras sanções previstas em lei.

O promotor Willian Oguido Ogama, da Promotoria de Justiça de Vera, pediu, liminarmente, que o afastamento seja cumprido pela Polícia Militar até o julgamento final.

O caso

 Comparsa do policial confessou o crime e relatou que foi até a agência de moto com o militar.

A dupla colocou os funcionários e cliente deitados no chão.

Ainda conforme o depoimento do suspeito, ele devia R$ 7,5 mil para o policial e não tinha condições de quitar a dívida. Ele teria sido intimidado pelo militar a pagar o montante em três cheques de R$ 2,5 mil.

Posteriormente, o militar se apresentou no 4º Pelotão da Polícia Militar e foi preso em flagrante com um cheque de R$ 2,5 mil.

Leia Também:  Juizado Ambiental encerra a semana do meio ambiente com blitz educativa

Questionado, o oficial disse que falou pela última vez com o comparsa na sexta-feira anterior ao crime.

No entanto, em consulta ao celular do comparsa, os policiais encontraram ligações e mensagens apagadas entre a dupla.

Na terça-feira (18), o militar passou por audiência de custódia, onde foi concedida a liberdade provisória mediante pagamento de fiança.

Leia mais:

Policial Militar é preso após assaltar agência dos Correios em MT

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA