CIDADES

MT registra redução de 18,1% no número de internações de pacientes com Covid-19 em enfermarias

Publicados

em

 

Nos últimos 20 dias, Mato Grosso vem registrando queda no número de pacientes que necessitam de internação hospitalar para tratamento da Covid-19. No dia 27 de março, 2.430 pessoas estavam internadas por conta da doença. Já o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) dessa quinta-feira (15) aponta 1.989 hospitalizados, uma redução de 18,1% das internações. Os dados são acompanhados pelos técnicos do governo e demonstram tendência de queda, desde março, no número de hospitalizados em todo o Estado.

Outro dado estatístico é relacionado à taxa de ocupação, específica para leitos de enfermaria pactuadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em março, a taxa estava em 63%, e nessa quinta-feira registrou 57%, com 459 pessoas internadas.

Nos principais hospitais públicos de Cuiabá e Várzea Grande, há vagas nos leitos de enfermaria. No Hospital Metropolitano de Várzea Grande, que é gerido pelo estado, a taxa de ocupação está em 66% e no Hospital Estadual Santa Casa, a porcentagem é de 59%.

Em Várzea Grande, o Pronto-Socorro, gerido pelo município, tem taxa de 0% de ocupação, ou seja, não tem nenhum paciente internado em leito de enfermaria contaminado com Covid-19.

Se a taxa de ocupação em enfermarias apresentou redução, a taxa de pacientes que precisam de um leito de UTI continua alta. Conforme boletim divulgado pela SES nesta sexta-feira (16), 46 pessoas aguardam na fila por um leito de UTI em Mato Grosso.

A taxa de ocupação é de 97,08% nos leitos de UTI adultos e 60% nas UTIs pediátricas. Até esta sexta-feira, 818 pessoas estão internadas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva no estado.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA