POLÍCIA

Mulher é presa acusada de ajudar bandidos após roubo em VG

Publicados

em

 

Uma mulher, que não teve o nome divulgado, foi presa nesta quarta-feira (21) suspeita de ajudar um dos criminosos que conseguiu fugir após um assalto a uma loja de materiais de construção em Várzea Grande. Um dos bandidos foi morto por um policiais penais que faziam compras no estabelecimento.

De acordo com informações, a Polícia Militar realizava buscas por dois criminosos que teriam participado do roubo, quando receberam a informação de que um dos fugitivos havia se escondido em uma casa no bairro Cristo Rei, onde uma moradora havia prestado apoio e realizado um curativo no criminoso que teria sido baleado no braço. Ao chegarem ao endereço informado, os policiais encontraram marcas de sangue na residência.

O bandido conseguiu fugiu do cerco policial. A mulher então foi conduzida à delegacia para prestar depoimento.

ROUBO

Morreu após dar entrada no Pronto-Socorro de Várzea Grande o bandido baleado ao tentar assaltar uma loja de materiais para construção, na Avenida Filinto Muller, em Várzea Grande. O fato foi registrado na manhã desta quarta-feira (21).

Leia Também:  PM prende quatro e desmonta organização do tráfico com mãe, filho e nora em Nova Xavantina

Segundo informações repassadas pela unidade de saúde, o criminoso foi atingido por um tiro na cabeça e morreu logo em seguida. Incialmente, o criminoso ficou agonizando no local do crime.

Enquanto a Polícia Militar fazia diligêncas à procura dos demais envolvidos e falava com testemunhas do assalto, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou o criminoso baleado para o Pronto-Socorro. Com a confirmação do óbito na unidade de saúde, foi cogitada a hipótese de que fosse um segundo envolvido no crime. No entanto, posteriormente constatou-se que era o baleado que estava agonizando na frente da loja invadida e foi levado pelo Samu ao Pronto-Socorro

Dois comparsas fugiram e continuam sendo procurado por várias equipes da Polícia Militar. Um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer),  auxilia nas buscas. Existe suspeita de que ele também tenha sido baleado e esteja ferido. Os três ladrões foram alvejados por uma policial penal que flagrou o assalto dentro da loja e reagiu.

O assalto foi registrado por volta das 10h, ocasião em que três bandidos armados invadiram o estabelecimento e renderam funcionários e clientes. Uma policial Penal que estava na loja no momento do roubo, reagiu e atirou contra os assaltantes. Um deles foi atingido na cabeça e morreu na hora. Outros dois foram alvejados, mas conseguiram fugir do local. Várias viaturas e o helicóptero do Ciopaer fizeram buscas aos suspeitos.

Leia Também:  PSFs mantêm atendimento normal em Cuiabá

Após a entrada no baleado no Pronto-Socorro de Várzea Grande, funcionários da unidade acionaram a Polícia Militar. O homem foi intubado e levado para o centro cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida. O bandido ainda não foi identificado.

Outros dois criminosos continuam foragidos e as buscas são feitas nas proximidades do estabelecimento invadido. A Polícia acredita que outros criminosos participaram da ação dando apoio na fuga. A Polícia Civil vai investigar o caso.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA