MANCHETE 2

Mulher enterrada com mãos amarradas foi ameaçada pelo ex

Publicados

em

 

Polícia Civil de Guiratinga (328 km ao Sul de Cuiabá) está em posse de áudios em que Luziane Moraes da Silva, 30, é ameaçada pelo ex-marido. Ela foi encontrada morta enterrada na zona rural da cidade no final da manhã do dia 20 de julho. Vítima estava com as mãos e pernas amarradas.

Reportagem do GD apurou que a Polícia Civil já fez uma oitiva preliminar com o suspeito, que negou qualquer participação no crime, apesar dos indícios e ameaças enviadas em áudios por celular. Ele é morador da cidade e foi liberado após o depoimento.

Agora, a polícia aguarda o laudo da Perícia Oficial e de Identificação Técnica (Politec) que vai apontar a causa da morte de Luziane, que será anexado no inquérito. Além disso, está ouvindo mais testemunhas e colhendo mais provas para evidencializar a autoria do crime.

Corpo enterrado

Nove dias sem dar notícias e a família já vivia a agonia do desaparecimento de Luziane. Na terça-feira (20), policiais receberam uma denúncia de que ela estava morta na zona rural da cidade.

Leia Também:  Mais que mascote, cão policial morre e deixa legado na Rotam

Junto com a Politec, os policiais descobriram que, além de morta, ela também já estava enterrada. Vítima estava com braços e pernas amarrados e não apresentava lesões corporais que pudessem indicar a causa da morte.

Peritos observaram ainda que ela foi morta em outro local e apenas enterrada no espaço. O caso segue sob investigação.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA