CIDADES

Novos servidores começam atividades em Cuiabá

Publicados

em

 

A Prefeitura de Cuiabá já conta com dezesseis novos servidores oirundos do projeto Incluiabá – Inclusão, Respeito e Oportunidade, pioneiro em todo o país,  e que garante a inclusão dos grupos sociais pertencentes às minorias no mercado de trabalho. Os novos colaboradores iniciaram as atividades nesta  segunda-feira (3). O Incluiabá tem como principal incentivadora, a primeira-dama Márcia Pinheiro,  e é  coordenado pela Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência.

“Para nós é motivo de orgulho concretizar sonhoa. São trabalhadores e trabalhadoras que sofreram com preconceito e que têm a chance de desconstruir esse cenário. Uma gestão humanizada, que trabalha focada para oferecer bem estar, dignidade e respeito aos seus servidores, como a nossa gestão, vai ajudar na formatação, na edificação, de novos projetos. O Incluiabá é uma iniciativa com causa e efeito”, pondera  o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

O projeto atende a população LGBTQIA+, a pessoa com deficiência, imigrantes, pessoas e outros grupos sociais que também enfrentam dificuldades no acesso ao mercado, valorizando as habilidades e as potencialidades de cada um, de modo que possam sentir, efetivamente, que fazem parte do meio e que podem e devem ser tratados como qualquer outro trabalhador.

Nesse primeiro momento, os novos profissionais já atuam na recepção central do Palácio Alencastro e também no gabinete do prefeito Emanuel Pinheiro.

Ansiosa em seu primeiro dia de trabalho, Maria Auxiliadora de Souza, 62 anos, agradeceu a oportunidade e rememorou que “não tem idade para quem tem força de vontade e deseja o melhor para sua vida”. Citou ainda que “farei  de tudo pra fazer valer a oportunidade que estou tendo, vou oferecer o que tenho de melhor”.

Fernando Henrique, 31 anos, autista, também se mostrou entusiasmado no primeiro dia de atividade. Ele conta que esse trabalho significa um recomeço. “Fiquei por muito tempo sem esperança,   sem ânimo e sem acreditar que seria possível ocupar uma vaga de trabalho, e uma vaga na Prefeitura de Cuiabá. Ainda acho que estou sonhando. Estou muito feliz”.

A secretária-adjunta de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Christiany Fonseca, – responsável pela elaboração das diretrizes da iniciativa, ressaltou que o projeto é único em todo o Brasil. “Com o Incluiabá será possível trazer – literalmente – para estrutura da Prefeitura, todos os grupos que de alguma forma são marginalizados pela sociedade. É muito gratificante, perceber os resultados de um projeto criado com muito carinho e dedicação”.

Além da lotação dessas pessoas na estrutura do Gabinete do Prefeito e nas secretarias lotadas no Palácio Alencastro, os novos trabalhadores também irão atuar nas demais unidades do município.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o regime de trabalho será em forma de escala, com turnos diferenciados, matutino e vespertino, trinta (30) horas semanais. Os novos servidores foram capacitados para o desempenho das atribuições.

Os funcionários são terceirizados, sendo a empresa Bem Estar- Prestadora de Serviços a responsável pela contratação e acompanhamento dos trabalhos. A meta é a contratação de até 50 trabalhadores.

“Estamos imbuídos em levar esse projeto para vários cantos, pois se trata de uma ação participativa e humanizada, sendo essa a principal marca da gestão Emanuel Pinheiro. Me sinto honrado por estar contribuindo e fazer parte de um projeto de tamanha importância igual a esse”, ressaltou o secretário adjunto da Pessoa com Deficiência, Rubens da Silva- Rubinho da Guia.

“O Incluiabá não deve ser uma ação exclusiva da Prefeitura, sendo apenas liderada pelo Executivo, mas sim servir de exemplo para outras prefeituras, instituições, empresas, entre outros. É uma ação do povo cuiabano”, finaliza Emanuel Pinheiro.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA