BRASIL

‘O cara não lê a nota e reclama’, diz Bolsonaro em resposta a críticas

Publicados

em

Jair Bolsonaro respondeu às críticas de apoiadores após a divulgação de carta à nação brasileira | Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

Presidente afirmou a apoiadores que ‘alguns querem imediatismo’

Em conversa com apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta sexta-feira, 10, o presidente Jair Bolsonaro se defendeu das críticas que tem recebido de parte de seus apoiadores nas redes sociais depois de divulgar a “Declaração à Nação”, ontem, em que afirmou não ter tido “nenhuma intenção” de agredir os demais Poderes.

“Cada um fala o que quiser. O cara não lê a nota e reclama. Leia a nota. Duas ou três vezes, é bem curtinha. São 10 pequenos itens, entenda. A gente vai acertando. O acúmulo de lixo, de problemas, é de 30, 40 anos. Está ganhando, está ganhando”, afirmou o presidente.

Segundo Bolsonaro, diante da complexidade que é governar o país, não é possível ser “imediatista”.

“Se o dólar dispara, influencia o combustível. Foi excepcional o trabalho de vocês nas manifestações do dia 7. O retrato está no mundo todo e aqui também, em Brasília. Alguns querem imediatismo. Se você namorar e casar em uma semana, vai dar errado o seu casamento”, disse.

Leia Também:  O isolamento de Moro

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA