CIDADES

Passagens já custam R$ 4,95 em Cuiabá

Publicados

em

Cuiabanos passarão a pagar R$ 4,95 na passagem de ônibus a partir desta segunda-feira (9). O aumento foi autorizado pela Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Arsec) em abril e oficializado pelo prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB), via decreto no último dia 14.

Com a atualização, o aumento frente ao valor cobrado atualmente, que é de R$ 4,10, elevará a tarifa em 20,7%. A alta foi justificada sob as alegações de que a passagem não sofreu aumento nos últimos 3 anos e que os custos operacionais com o serviço sofreram alta durante a pandemia da covid-19.

Em entrevista ao Jornal do Meio Dia, na quinta-feira (5), o presidente da Agência, Alexandre Oliveira, justificou a autorização para o ente como sendo baseada em argumentos técnicos. À época, o gestor afirmou que a alta dos combustíveis e a baixa demanda na pandemia contribuíram para o aumento.

“É um valor que vinha congelado há mais de 3 anos e que foi muito afetado pela pandemia também. Tivemos aí um aumento gigantesco nos preços dos custos, principalmente do óleo diesel nesse período”, destacou. Ao Jornal, o presidente também admitiu que, na opinião popular, a qualidade do serviço ainda não é a ideal.

Na medida em que sobe o valor da passagem aumenta também as reclamações dos usuários com a frota disponível. Dentre as principais reclamações estão o tempo de espera nos pontos, a falta de ar-condicionado nos pontos e as eventuais panes mecânicas dos veículos.

Leia Também:  Policlínica do Coxipó receberá equipamentos

Ao falar sobre as reclamações da população, o presidente disse que, mesmo com as demandas, a percepção dos cuiabanos sobre o serviço de transporte público tem melhorado ao longo dos anos. Alexandre acrescentou ainda que, em até dois anos, a previsão é que 100% da frota conte com sistema interno de climatização.

Fonte: Folha Max

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA