POLÍCIA

PC prende quadrilha que furtava lojas em VG

Publicados

em

Quatro integrantes de uma associação criminosa envolvida em crimes de roubos, furtos qualificados e tráfico de drogas que vinha atuando em Várzea Grande foram presos pela Polícia Civil, na segunda-feira (14.06), durante investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf-VG).

Na ação, os suspeitos foram flagrados de uma mala de mercadorias furtadas de um estabelecimento comercial na noite anterior.

O grupo já era investigado pela equipe da Derf-VG pelo envolvimento em furtos de estabelecimentos comerciais na cidade. Segundo as investigações, a associação criminosa atua com crimes de roubo, furto e tráfico de drogas e os líderes recrutam usuários para praticar os crimes em troca de entorpecentes.

As diligências que resultaram na desarticulação do grupo iniciaram na manhã de segunda-feira (14.06), após os policiais da Derf-VG receberem informações sobre um furto qualificado por arrombamento em uma loja de moda fitness, localizada na região central de Várzea Grande.

Na ocasião, a dona da empresa ao chegar no estabelecimento encontrou a porta de vidro quebrada, sendo subtraída uma mala com mais de R$ 2,3 mil em mercadorias, além do prejuízo do valor da porta, calculado em aproximadamente R$ 2,6 mil.

Leia Também:  Três do STF votam contra leis que facilitam construção de usinas em MT

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derf-VG iniciou as investigações conseguindo identificar um dos envolvidos no furto, como um dos usuários de drogas recrutados pelos líderes da associação criminosa para a prática de crimes.

Com informações do local onde estaria a mercadoria, os policiais foram até o endereço, onde localizaram quatro integrantes do grupo fazendo uso de drogas e comemorando a ação criminosa. Com eles, os policiais encontraram a mala de mercadorias furtadas na noite anterior, sendo que uma das suspeitas estava vestindo um dos conjuntos furtados.

Diante dos fatos, os quatro suspeitos foram conduzidos à Derf-VG, onde após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, furto qualificado pela destruição de obstáculo e concurso de pessoas.

A associação criminosa também é investigada pela prática de outros crimes como o furto em uma clínica odontológica ocorrido no dia 14 de abril e outro ocorrido em uma loja de roupas no dia 03 de junho.

Segundo a delegada, Elaine Fernandes de Souza, todos suspeitos possuem passagens anteriores e são investigados pela prática de diversos furtos ocorridos recentemente em Várzea Grande.

Leia Também:  Câmara diz ser inviável trocar VLT pelo BRT

“Os integrantes da associação criminosa se revezam na função que desempenham nas cenas do crime, ora um arromba, enquanto os outros dão cobertura nas imediações”, disse a delegada.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA