MUNDO

Pescador canta “Baby Shark” enquanto retira dente de tubarão da cabeça; assista

Publicados

em


source
Pescador dente tubarão
Reprodução

Pescador dente tubarão

Um pescador viveu situação inusitada durante uma caçada submarina nas águas da costa de Umdloti, na África do Sul. Após capturar um peixe com seu arpão, ele foi atacado por um tubarão e ficou com um dos dentes do animal preso na cabeça. Após se recuperar do susto, ele postou imagens da dolorosa retirada nas redes sociais e aproveitou para soltar a voz ao som do sucesso “Baby Shark”.

Segundo informações do jornal britânico The Sun, o incidente ocorreu no último dia 15 de abril. Jarid Norman, de 38 anos, havia acabado de acertar um peixe com seu arpão quando foi atingido pelo tubarão . Experiente, ele revelou que já esteve frente a frente com estes predadores dos mares mais de 100 vezes, mas que nunca havia passado por uma experiência tão dolorosa.

“Costumo mergulhar naquela região e sempre tive a companhia dos tubarões , que raramente tentam algum tipo de ofensiva. Desta vez foi diferente e senti como se tivesse levado um soco na cabeça. Não acredito que tenha sido um ataque, mas sim uma tentativa de pegar o peixe que estava em meu arpão”, revelou Norman.

“De início, achei que o outro mergulhador que me acompanhava pudesse ter me atingido com alguma coisa. Porém, quando olhei ao meu redor, vi que ele estava um pouco distante. Quando coloquei a mão na cabeça, senti que havia algo cravado nela”, complementa.

Ao sair do mar, Jarid notou uma pequena quantidade de sangue na cabeça e percebeu que um dos dentes do animal, que segundo ele tinha um “tamanho considerável”, havia ficado preso no local. O vídeo da retirada, ao som de “Baby Shark”, foi compartilhado por ele nas redes sociais e acabou viralizando.

Ainda de acordo com a publicação, o órgão responsável pela preservação dos tubarões na região de KwaZulu-Natal, estado sul-africano onde o incidente ocorreu, solicitou o envio do dente extraído para análise: “eles querem identificar qual era o tipo do animal e entender se houve alguma mudança de comportamento, se estão se aproximando mais dos humanos do que costumavam fazer”.

Fonte: IG Mundo

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA